14 abril 2007

As Mil Manhãs de Pedro Moura

Tem sido anunciado por estes dias, na RTP – Açores, a comemoração do programa 1000 do “Bom Dia Açores”, apresentado pelo carismático Pedro Moura, com um grandioso espectáculo e a participação de vários artistas.

Este programa, é já companhia inseparável de inúmeros Açoreanos, que procuram no “Bom Dia”, uma janela aberta sobre estas 9 Ilhas, sobre o que nelas se passa e acontece, em suma, sobre o pulsar do dia a dia destes nossos Açores.

Pedro Moura é a cara do “Bom Dia”, e presta com este programa matinal, um verdadeiro serviço público, na medida em que dá voz às nossas gentes, mostrando as suas localidades e festividades, costumes e tradições.

Mas no “Bom Dia Açores” há muito mais. Podemos, por exemplo, ser informados sobre a meteorologia ou sobre as ocorrências policiais, através da presença em antena de responsáveis pela PSP. Também passam em estúdio inúmeros convidados, que falam sobre várias temáticas, tais como as actividades que promovem ou desenvolvem, sobre o espectáculo no qual são intervenientes, sendo também possivel ver governantes e autarcas, entre muitos outros.

As noticias nacionais e regionais, bem como o desporto, também têm lugar marcado nas manhãs da RTP- Açores. E, das coisas que tornam este programa agradavelmente simples e autêntico, é o tempo que dedica à exibição de acontecimentos e festividades locais, onde se pode apreciar uma peça musical da Banda Filarmónica durante a procissão, seguida de uma missa ao som de um coro gregoriano, terminando com uns minutos de teatro.

Os grupos etnográficos e de folclore – peça fundamental da nossa cultura – também são presença assídua nos “Bom Dia” de Pedro Moura, dando-nos a conhecer melhor as nossas tradições e expressões culturais.

Claro que a presença em estúdio da prezada Tia Maria do Nordeste, é sempre um interesse extra, que com a sua simplicidade e acutilância, conquista a “plateia”, e provoca alguns momentos hilariantes (aqui o termo é bem aplicado).

Sem o à-vontade do apresentador, Pedro Moura, sem a sua sabedoria popular e fontes de informação, entre outros atributos que o tornam tão peculiar e talhado para esta "missão", o “Bom Dia Açores” seria, tão-somente, mais um programa da grelha da TV Regional, sem o interesse, gosto e carinho que desperta em todos os que a ele assistem.

Parabéns Pedro Moura, pelas mil manhã que nos tens dado….e força para as próximas mil.

2 comentários:

Rui Gamboa disse...

Estou de acordo com tudo que disseste. É, de facto, um serviço público que nos é prestado, todas as manhãs, pelo Bom Dia Açores.

Agora, não se justifica o tempo que leva. Penso que são 3 horas e meia. Essas peças que falas sobre as festividades, levas, por vezes, mais de 10 minutos, é demais. Parece que se está a "encher chouriços", como se diz na gíria da TV. O pior é que, repete ao fim da tarde, é certo que tentam condensar o programa (tinha mais que ver), mas ainda assim, é muito tempo. Quando dizem, que um minuto de Tv custa muito dinheiro, eu penso que não é cá, de certeza.

O ex-director da RTP-A gabava-se muito que, uma grande fatia da programação era de produção regional. Pois, com o Bom Dia a dar 5 horas por dia, não será dificil.

A tua homenagem é justa. E eu junto-me a ela, pois como já aqui afirmei, o Bom Dia é o melhor da nossa TV. No entanto, pode ser melhorado, como também aqui já disse. Se o nível de exigência for aumentado, por parte da direcção da RTP-A, todos os programas serão melhores. Não se admite, que certos programas vão para o ar, onde se vê, claramente, que não houve trabalho, ou se houve, não foi bem feito. Não falo do Bom Dia, falo de outras produções regionais, (que não vou dizer o nome, para não ser acusado de nada).

Parabéns para o Bom Dia e para o Pedro Moura. E que venham mais mil, mas mais curtos ;)

Anónimo disse...

O " Bom Dia " é simplesmente melhor do que putros programsa de produçao regional... comparando com o "fabuloso" Cafe Central " uma asneira" e " desperdicio" de tempo para a produçao regional.
Programas como o Bom dia é para durar porque sao feitos com dedicaçao e profissionalismo, nao feito de falsidades e objectivos financeiros como o cafe central!!
NEM MAIS!!!!!!!!!!!