05 junho 2007

Regina Spektor - Fidelity

Eu sou suspeito, porque vozes femininas são quase tudo para mim, em termo de música. Mas esta actuação de Regina Spektor tem que ser apreciada a todos os níveis, principalmente pela simplicidade e transcendência.

4 comentários:

Rui Gamboa disse...

Já agora, tenho muita pena termo ficado sem SIC Comédia, que nos dava o Conan, que além de ser um dos melhores performers na tv americana, faz quase sempre, excelentes escolhas musicais para fechar o programa.

Miguel Decq Motta disse...

Sem duvida, muito bom!

Pedro lopes disse...

è a prova, Rui, de que a simplicidade pode ser brilhante.

Quem canta assim, não é gago....também eu sou grande fã de vozes (e não só :) femininas

Comparável ao brilhantismo de uma estela maior, de seu nome Tori Amos.

Pedro Lopes

Rui Gamboa disse...

Eu cada vez mais admiro esta Regina Spektor, a simplicidade não só da música, mas da própria, é para mim, contagiante. A sua história de vida é, antes de mais, um exemplo.

...mas se a sua música não fosse tão cheia de excelência...bem aí as coisas eram diferentes.