13 setembro 2007

Over and Out


Após um processo de espionagem, digno de um livro de Le Carré, a McLaren foi excluída do Mundial de constructores da Fórmula 1 e condenada a pagar uma multa de 100 milhões USD. Por mim, também podiam excluir o Alonso...de vez.

8 comentários:

Claudio Almeida disse...

He Rui a Mclaren é a minha equipa favorita!
Não sabia que existia espionagem nos nossos dias de hoje ainda por cima na F1!
Mais parece um conto da Guerra Fria!

Rui Gamboa disse...

Eu nunca morri de amores pela McLaren. Talvez seja uma heresia dizer isto agora ;), mas tb nunca gostei do Senna, nem do Prost e quando comecei a gostar de F1 eram eles que estavam na McLaren. Sempre preferi a Williams, devido ao Piquet, que era o meu piloto favorito e com o grande Mansell.
Já aquio admiti que só comecei a ser fã da Ferrari quando o Shumacher foi para lá. A verdade é que houve uma altura em que o Senna ganhava tudo, e nem por isso, passei a gostar dele.

No ano passado, até nem tinha nada contra a McLaren, até porque não ameaçavam a Ferrari. Sou mesmo é contra o Alonso e como o Alonso está na McLaren, sou contra McLaren.

Enfim, estas coisas não têm explicação.

Claudio Almeida disse...

Pois eu quando comecei a gostar da F1 era na época do Senna, depois aconteceu o que aconteceu, e tive muita pena mesmo.

Nunca gostei do Shumacher!

hapc disse...

se pensarmos bem até nem faz muita logica...
se a Mclaren foi excluída por supostamente "tirar" vantagem da matéria espionada então os seus pilotos também não foram beneficiados por tal???ainda para mais qando foram os próprios a admitir(o Alonso admitiu-o o Hamilton não sei) que tiveram conhecimento de tal materia...coisas de tribunais e da FIA ás quais já me vou habituando.Note-se que depois da saída de Shummi da F1 fiquei sem piloto favorito(nunca morri de amores nem por Massa nem plo Iceman)portanto falo sem "interesses clubísticos".
Só espero é que o Roseberg não me desiluda...tenho certa esperança no rapazim

Rui Gamboa disse...

Penso que os pilotos não são prejudicados, porque não tiveram nada a ver com a espionagem, em sim. Eles estão lá para conduzir, com os meios que a equipe põe ao seu dispor, mesmo sabendo o que se passa. O "crime" reside, penso eu, no autor do acto e em quem o contratou (Ron Dennis). Agora, quero ver como vai ser já este fim-de-semana, ou seja se os McLaren vão continuar a ser superiore aos Ferrari, pq eles têm sido superiores pq usaram dessas infos. Não sei.

Já agora, tb tenho uma fezada no Rosberg, tb gostava do pai.

Anónimo disse...

A FIA excluia os pilotos e matava de uma vez só a categoria rainha dos pópós. Assim ganhou por dois lados: não matou o bixo e ainda vai encher os cofres de notas vivas!!! Mas uma coisa tenho que concordar com a FIA, os tipos têm os ditos cujos no sítio senão vejam o caso dos pontapés na bola: tiram olhos uns aos outros e no fim pagam uma multa de 50 euros!!! Um autêntico escândalo!! Vejam lá o Panizzi há anos atrás puxou apenas pelo colarinho de outro piloto e foi multado em 20 mil marmelos!!!

Maluquinho dos rallies

hapc disse...

A dobradinha diz-lhe alguma coisa??!! :)

Rui Gamboa disse...

Ao que parece foi apenas a continuação do dominio que a Ferrari estava a ter noutros circuitos semelhantes, como Istambul. Vamos ver se se mantém no Japão, China e Interlagos. Receio que não, mas se assim acontecer, será muito difícil o título não ir parar a um dos McLaren. Só espero que seja o Hamilton, é que não vou mesmo com o Alonso.

Muita atenção para o futuro para Kubica, parece ser um bom piloto. Mas espero ver o controlo de tracção banido no próximo ano, aí é que se distinguir os bons dos mais ou menos...