29 dezembro 2008

Acabou-se a amizade

"um precedente muito grave", "uma solução absurda", "o absurdo não se fica por aqui", a "nossa democracia sofreu um duro revés", "grave precedente criado", "interesses partidários de ocasião"

Palavras duras as que o Presidente da Republica escolheu para a declaração sobre a promulgação do Estatuto Pólítico-Administrativo dos Açores. Centralismos à parte, uma coisa é certa, a relação do Presidente Cavaco com o Partido Socialista que está no poder nunca mais será a mesma.

1 comentário:

Luís Almeida disse...

Não me parece muito saudável esse clima de vingança entre o PR e o PM, serão más lembranças do tempo Cavaco (Prime Minister) e Soares (President)? O cenário estará a repetir-se entre os dois partidos? Mau mau Cavaquinho, mau mau.