06 maio 2009

Rally Açores - Começo Tremido


Não tenho qualquer dúvida que mais de metade dos açorianos ainda não se deu bem conta da importância do evento que decorre em São Miguel no próximo fim-de-semana. De facto, o SATA Rally Açores deste ano poderá ter um impacto importante na promoção da marca "Açores", por via de estar incluído no IRC e por trazer às nossas estradas aqueles que certamente serão os campeões do mundo da especialidade no futuro, mas acima de tudo porque terá cobertura televisiva pelo Eurosport, canal que chega a 116 milhões de casas em 59 países. É muita gente.

Será, portanto, de esperar que tudo esteja preparado ao milímetro para que o rally corra ... sobre rodas. O primeiro contacto que a maioria dos aficionados terá com o rally será através do "Guia Oficial". No entanto, pelo menos comigo, esse primeiro contacto não foi o melhor. Muito mais do que crítica fácil, estas palavras devem ser levadas em conta de forma séria, para que, pelo menos, não se repita no futuro. Desde erros de português, até à falta de acentuação (muito frequente), passando por construções frásicas no mínimo estranhas e repetitivas até à exaustão, os textos deste Guia são de uma qualidade deveras preocupante, que indicia falta de atenção.

De resto, esperam-se três dias de emoções fortes onde natureza e tecnologia unem-se num espectáculo fascinante.

18 comentários:

Luís Almeida disse...

Rui

Como não vou muito com rélis, este comentário não é muito inspirado.

Rui Rebelo Gamboa disse...

E com a língua portuguesa?

Grilo de Ermesinde disse...

Gostei desta última. Ah, Ah, Ah, Ah, Ah, Ah, Ah, Ah,Ah!!!!!!!!!!!!!!

Luís Almeida disse...

Habe ich nicht verstanden !


Rui vê mail da máquina e responde.

Ab

Rui Rebelo Gamboa disse...

Luís, no fundo o rali, em si, foi pouco importante neste post. Aquilo que me fez enorme impressão foi a forma descuidada (para ser simpático) como um documento de tão grande importância, como é o "Guia Oficial" foi escrito. Fala-se tanto nas centenas que estão na ilha devido ao rali e não se pensou a impressão que essas pessoas terão da forma como fazemos as coisas? No entanto, quer-me parecer que relativamente à parte puramente técnica da organização do rali, estamos muito bem. Mas aquele Guia foi feito sem qualquer preparação e, de certeza, não foi revisto, dadas as falhas graves que lá se podem encontrar. Desde a falta de palavras - faltar o verbo numa frase, é quase como faltar o carro no rali - até erros tipo "extramente". No fundo, a língua portuguesa foi "extramente" mal tratada e todos que aqui vivem levam por tabela.

Quanto ao mail, terei de ver com mais calma.

loirices disse...

É uma mera suposição, mas provavelmente quem escreveu o "Guia Oficial" escreve da maneira que fala, o que é "extramente" mau.
O Guia não indica quem foi o responsável pela feitura de semelhante pérola?

Jordão disse...

É isso aí Rui! Tens coberto de razão! E o problema é que não é só o Guia "Oficial" do Sata! Nos Açores não há nenhum bom guia. O que há é um monte de publicidade mal feita e com erros não só de português como de informação completamente falsa.

Vamos ter esperança de que a american express tenha a bondade de fazer um.

Um abraço e agente vê por aí no Rally!

Urso de Coimbra disse...

Vejam lá se se entendem com a língua portuguesa, senão ainda são acusados de separatismo. Sugiro o esperanto para melhor comunicação.

Urso de Coimbra disse...

Habe ich nicht verstanden !

Vejam lá, ele até sabe o que é o mastoideu!

Rui Rebelo Gamboa disse...

Cara Loirices,

De facto está indicado o nome do responsável pelo "Guia Oficial". No entanto, prefiro não revelar aqui, basta dizer que é, ele próprio, um ex-piloto de rali e é responsável por um programa na rtp-a que até é bastante consistente. Quero ressalvar que estou a falar do "Guia Oficial".

O "Guia do Oficial" chega ao cúmulo de não ter as horas dos troços, tem as horas a que fecham as estradas e tem a data de nascimento dessa rapaziada toda, mas não tem os horários dos troços. Nem no "Guia", nem no "Roteiro Oficial".

Fantabulástico, como diria o JNAS.

CAVP disse...

Epá...

Eles fazem um barulho do catano no meio da avenida...

P%$#%$" q%&$#%$"3 os p&%#"$$

Tava eu a tomar o meu belo café qd o f&/$%& da p/&%&%$ de um austriaco ou o catano se mete a acelerar junto da esplanada do cafezinho ao lado do Hotel Avenida...epa..raios partam...então tá aqui o rapaz a ler o seu livro e a tomar umas notazinhas mto descontraido enqt saboreia um belo cafezinho e aquele inergumo traz o tractor para o meu lado?

Raios os partam e ao barulho que fazem!!!

Qual a diferença entre eles e o chuning dos rabo pexins?

Ah, estes andam mais e não tem musica aos berros...

Até gosto de velocidade e gostaria mais não fosse o desperdicio de combustiveis fosseis que ali vejo...mas vão fazer barulho para o raio que os parta ou para os troços...

Qaunto ao guia..epa...até o site é meio confuso quando lá se entra...é tudo ao molho...esperemos pelas receitas do turismo pq isso sim já me diz respeito :)

Rui Rebelo Gamboa disse...

Caro CAPV,

Estou-te mesmo a ver a tomar café, a ler livrinho e a tomar notas no moleskine chinês ;), em busca de uma inspiração e a seres atormentado por aquelas bestas barulhentas. Mas, a sério, é verdade que neste nosso bom ambiente, o silêncio vale ouro. Aliás, um amigo contou-me que ontem foi passear o cão pela avenida à noite e quando passou um dos bólides, o seu companheiro de quatro patas ficou em total estado de paranoia. Enfim...c'est la vie, como diria alguém que domina o francês.

No entanto, quero acreditar que, estando o pessoal de boa fé e sendo estes eventos tão curtos e localizados, não haverá razões para complexos quanto ao consumo de dioxido de carbono. Não é?

Percebo o que me dizes do "desporto sentado" (foi em privado). Podendo haver nisso algum pretensiosismo, no uso da palavra desporto, mas trata-se mesmo de um espectáculo muito bom, apesar de muita gente apontar imensos defeitos e sempre os mesmo. Se calhar, esses é que têm razão, mas ainda assim, dou o benefício da dúvida. Sou assim mesmo.

Meus caros, vão ver o ráli e contactem com a natureza. Faz bem ao stress.

CAVP disse...

Mea culpa meu amigo

mea culpa

Mas por acaso não era no moleskine...era numa fgolha de guardanapo...é mto mais "in" do que no moleskine.

Tava a ler sobre ambiente, em inglês, comprada no reino unido, via amazon.uk pelo que precisava de calma e tranquilidade e os monstros motorizados não o permitiram.

Face a isto teria mesmo de ficar indignado.

O cão ficou em paranóia ou catatónico? É que catatónico é mais "in" do que paranóico!!!

Eu sou muito "in"...chama-me presunçoso mas a verdade é que gosto de ser...sou um tipo diferente...

Epa..mas aquela de mandarem os cruzeiros pro porto de cargas para fazerem do porto dos cruzeiros a zona de serviço do rally...upa upa..tem mto que se diga...

C´est la vie...

Epa..natureza? meu caro, a natureza so serve pra derrubar as arvores e fazer os livro que leio, no cadeirão de madeira exótica enqt envergo a minha echarpe...

Anónimo disse...

Sim senhor lêem livros em castelhano, compram na Amazon, para ler em inglês, dizem frases em francês e alemão e como se escreve Rally(e), hum?

Tone Mouco de Ermesinde disse...

Biba o Rallye dos Azores!
Oh senhor Almeida, veja lá se se inspira, canudo! Bá bober uma bejeca que logo logo fica boum.

Luís Almeida disse...

Escrevi "rélis" em jeito de provocação, faz-me lembrar alguém que já cá não anda!

loirices disse...

Respeito quem gosta de Rallye.. Mas qual a graça dos espectadores? Comer pó?!
Não obrigada ;)

Anónimo disse...

Deixem o Ferreira dos Automóveis da mão!

Ele já nem programa na TV tem...