05 novembro 2006

Pequeno Apontamento Nuclear

Enquanto lia, como habitualmente faço, os jornais nacionais de Sábado, saltou-me á vista uma pequena notícia, que tinha como Título, "Governo dos EUA apaga "site" com receita da bomba atómica".

Ao ler a referida notícia, percebi que o tal "site" é do próprio Governo dos EUA e que integra a Internet do Pentágono, e que o mesmo continha documentos Iraquianos com detalhes sobre a fabricação de uma bomba atómica. Quem confirmou este facto foi a própria Secretária de Estado Condoleezza Rice, acrescentando que os documentos apreendidos no Iraque, tinham sido colocados on line em Março, na esperança que o público ajudasse a fazer a triagem dos dados, por falta de tempo dos tradutores oficiais.

Garanto que a noticia está aqui explicada tal e qual como no Jornal "Diário de Notícias" deste Sábado, 4 de Novembro de 2006.

Fica a pergunta: Não mereceriam, documentos desta índole, outro tipo de tratamento, outra confidêncialidade?

Quando não se olham a números no que diz respeito a despesas com meios bélicos, creio que a inteligência, os serviços secretos Americanos, deveriam, pelo menos, ser brindados com mais uns dólares para contratar mais tradutores........em prol da segurança da Humanidade

7 comentários:

Rui Gamboa disse...

É uma situação inacreditável.

Além do extremismo religioso que rege a administração Bush (não esqueçamos que no seu recente livro, Bob Woodward diz que GW Bush confidenciou-lhe que Deus está do seu lado, e que fala com ele à noite), há ainda muita incompetência. O erro que descreves é muito mais grave que qualquer outro dos que tenho tido conhecimento, mas deixo outros exemplos:

- na pressa de combater o terrorismo pós-9/11 (e temos que ver que é essa a razão de todos esses erros) criou-se uma lista de pessoas perigosas que não podem entrar em aviões, dessa lista constam nomes de pessoas já mortas há muito tempo, mas pior há nomes como John Smith (ou outra coisa parecida) que é um nome do mais vulgar nos EUA, que sempre que viajam de avião são kevados à parte, interrogados, muitas vezes despidos, enfim humilhados, e muitos deles são homens de idade.

- na ânsia de passar o controle do Iraque para iraquinos no pós-Saddam, foram escolher um tipo iraquinano, exilado na Alemanha, vendedor de carros usados, para ser oresponsável pela compra do novo material bélico para o exército do Iraque, deram-lhe mais de mil milões de dólares, tudo porque ele sabia falar inglês, como não percebia nada do assunto puseram-lhe num curso intensivo de 2 meses. Resultado, o tipo desbaratou o dinheiro todo em corrupção e a comprar porcarias para o exército (aos americanos, pois claro), hoje é procurado pela justiça iraquiana, vive como um lorde em França.

- a Coreia do Norte tem poder nuclear hoje, porque o material necessário e o know-how foram levados do Afeganistão, a quem foi dado o poder nuclear pelos EUA.

Portanto, é tudo uma politica de tapar buracos, ir corrigindo os erros que vão sendo feitos. Sinceramente, com estes 'falcões' no poder na América, a política externa será sempre desse género. A proliferação de conflitos (Líbano) e de líderes inquietos para destruir tudo o que representa o EUA (Kim jog Il, Hugo Chavez, etc) está a acontecer como nunca antes.
O próprio pai Bush não tinha nada aver com este pistoleiro.

Rui Gamboa disse...

Devo dizr que conheço esses exemplos do 60 minutes, que ainda é do jornalismo mais sério que se vai fazendo nos EUA, mas basta ver tipos como Bill O'Reilly, para ver como andam os média americanos.

PP disse...

Também eu vi essse 60 min.
Parece tirado de um filme de 2ª categoria de Bollyhood (India)

Eu fazia melhor serviço,e por muito menos dinheiro, coadjuvado pelo Genr. Loureiro dos Santos.

1,200 milhões de dólares, e o dito senhor vendedor de carros, compra umas ambulências, uns carros blindados e uns hospitais de campanha....e o resto...e as provas, sim, fotografias não provam nada. Inacreditável.

Rui Gamboa disse...

É o que digo, além do fanatismo religioso da administração bush, há que contar com a incompetencia.

Rui Gamboa disse...

O que foi dito sobre gen loureiro dos santos, aqui há algum tempo, pelo nosso amigo zeek? Lembras-te?

PP disse...

Sim recordo-me de se falar/escrever dele e do seu papel de comentador de assuntos internacionais (e bélicos) na TV.

...mas não me recordo bem do que disse o Ezequiel sobre ele.....

Rui Gamboa disse...

mas não foi muito abonatório, para o General? Lembro-me de se referir como herr loureiro dos santos, numa alusão ao III Reich. Não te lembras?