21 janeiro 2007

O homem de quem se fala

A notícia já é conhecida de todos: há um vídeo a circular no Youtube, onde se vê o eurodeputado Paulo Casaca a confraternizar com um grupo iraniano, que está referenciado, tanto na EU como nos EUA, como sendo terrorista.

Cortesia do sempre atento Ezequiel, aqui ficam dois links para nos explicar quem é esse grupo, que se chama Mujahadeen-e-Khalq (MEK) e a que actividades está ligado.

http://www.cfr.org/publication/9158/
http://www.cfr.org/publication/10552/terrorisms_dubious_a_list.html

3 comentários:

PP disse...

Muito há a explicar.
Que "legitimidade", e dada por quem, tem Casaca para manter estes encontros.

O caso é ainda mais estranho, na medida em que a UE já veio dizer que considera o MEK uma organização terrorista.
Paulo casaca desculpa-se dizendo que a UE não pode ir contra uma decisão de um tribunal.
Enfim, muita tinta ainda há-de correr à conta destas visitas do "nosso" euro deputado.

A ver vamos

PP disse...

E é preciso saber qual o propósito destas visitas e contactos, pois a "questão" Irão é muitissimo delicada.
Não creio que Casaca seja ingénuo. Não teria chegado onde chegou.

Mas que se está movendo em areias movediças, lá isso está.

Serão ossos do oficio, ou incursões por territórios desconhecido e perigosos????

Rui Gamboa disse...

E esses links mostram uma série de atentados graves que foram feitos pelos MEK. Portanto eu não preciso que o Tribunal Europeu me diga se é ou não uma org. terrorista, para mim é