19 fevereiro 2007

Numa grande jogada...

Alberto João Jardim anuncia que vai pedir a demissão de Presidente do Governo Regional da Madeira, mas que vai recandidatar-se.

7 comentários:

PP disse...

Pois é, meu caro, Jardim jogou alto, do alto do seu pedestal.

Com uma Lei de Finanças Regional, claramente mais desfavorável, e com as limitações ao endividamento, Alberto João viu-se encurralado, e qual touro enraivecido, clama por novo mandato e ultrapassa o fim do mandato de Sócrates.

Teremos Jardim, pelo menos, até 2011.

É uma decisão de quem não tem mais peças para jogar, e derruba o tabuleiro para começar de novo.

Mas o começar de novo, neste caso, não apaga nem altera as regras do jogo. Jardim terá de enfrentar as mesmas dificuldades e constrangimentos orçamentais, só que pretende imputar as culpas ao Governo Central, retirando algumas promessas e vitimizando-se.

Enfim, Alberto João no seu melhor

Sérgio_Santos disse...

Apetecia-me só partilhar convosco este parágrafo:
"As duas regiões mais ricas (Lisboa e a Região Autónoma da Madeira) evidenciam rendimentos por habitante de 22.745 e 19.532 euros, respectivamente, com Lisboa a 105,8% e a Madeira nos 90,8% face à média da UE."
o restante, fica aqui:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_digital/news.asp?id_news=77729

claudio almeida disse...

O gajo é uma maquina. Um grande estratega politico. Ele assim fica á frente dos outros, ou seja, ele ganha as eleições, e enquanto presidente do Gov. Reg. da Madeira assiste ás eleições regionais dos Açores, Eleições para a assembleia da republica, eleições para o presidente da republica e ainda autarquicas.

Rui Gamboa disse...

A verdade é que em termos da Lei das Finanças Regionais, ele AJJ, não ganhará nada com esta jogada. Mas em termos puramente políticos, se tiver um voto a mais dos que tem actualmente, ganhará uma enorme vantagem política sobre Sócrates, e o mais certo é ter mais votos. É a chamada 'chapada de luva branca'.

É uma grande jogada, independentemente daquilo que AJJ diz e da forma 'diferente' como está na vida pública.

Denise S. Almeida disse...

Alberto João e a sua política nunca foram dos meus pontos principais de interesse. Mas a verdade tem de ser dita... O senhor que dizia que os portugueses não têm testículos, está a provar que os tem... Das duas uma: ou leva uma grande chapada de luva branca, ou dá. À boa moda de Alberto João...

Cumps.

Denise S. Almeida

Sérgio_Santos disse...

Ceramente irá conseguir dar as chapadas que quer. É que os malucos, têm sempre seguidores garantidos. ainda por cima, arrnja maneira de se colar no poder mais quatro anitos. Bem ou mal, estamos numa democracia e a sua hora há-de chegar. Felizmente...

PP disse...

Caro Sérgio, tens razão quando afirmas que "Os malucos, têm sempre seguidores".
Alberto João tem o seu fiél Jaime Ramos, cujo filho é deputado regional e presidente da JSD Madeira.

Como vês, a passagem de testemunho do senador Jardim, já está a ser preparada há muito.

Abraço