13 março 2007

Açores Radioactivos

Do livro Máscaras de Salazar, de Fernando Dacosta:

«Portugal sofreu radiações atómicas nos finais dos anos 60. À excepção de Salazar e de alguns membros do Governo, ninguém o soube, porém. Nuvens radioactivas, formadas após explosões realizadas pela França, fugiram ao controlo dos técnicos e dirigiram-se para o nosso território.
“A fim de evitar o pânico não divulguei, a imprensa não suspeitou de nada. Os serviços franceses mantinham-me informado do evoluir da situação” confirma-me Kaulza de Arriaga. “ As nuvens encaminharam-se para os Açores. Fomos para lá. Em duas ilhas choveu. As pastagens foram contaminadas, bem como as vacas que as comeram e o leite que deram. Com a ajuda do presidente da Nestlé, recolhemo-lo e tratámo-lo, baixando o índice de radioactividade (todo o leite tem radioactividade) para os valores normais. As vacas afectadas não foram para consumo. Tudo se resolveu”»

3 comentários:

PP disse...

Meu caro, surpreendente! (vejo que continuas a pesquisar)

Será que foi assim tão "limpinho"?

Era assim que as coisas se resolviam....

Pode ser que daqui a 30 ou 40 anos, venhamos a saber o que nos escondem nos dias que correm.

Abraço

PP disse...

...neste caso leituras.

Rui Gamboa disse...

É um livro que recomendo vivamente. Tem alguns testemunhos importantes e factos surpreendentes revelados.