17 agosto 2007

Marés de Agosto



Depois de um muito longo interregno, as marés de Agosto estão de regresso ao Pópulo.

2 comentários:

pedro lopes disse...

É caso para dizer; já tinha saudades.

As marés de Agosto são poderosas e, no pópulo, entram com uma perfeição incrível.

Mas ontem, alguns mais afoitos, foram surpreendidos pela força do mar, e uma correntes levou-os para fora da praia. Mas tudo acabou em bem, felizmente.

Rui Gamboa disse...

Como não podia deixar de ser, eu estive na praia pequena e aventurei-me nas ondas. Mas, devo dizer antes de mais que as ondas naquela praia são sempre mais dóceis e que conheço aquela zona como a minha mão, cada recanto, cada rocha (mesmo as que foram lá colocadas) e como o mar puxa, ainda assim, senti que deveria sair passados alguns minutos, porque o mar estava a puxar mesmo muito para fora e eu já não tenho idade para essas aventuras. Quero com isso dizer que os jovens de que falas foram, no minimo, irresponsáveis, porque não conhecem aquela praia quando tem ondas de verdade, porque já não havia vigilância, enfim, porque não deviam ter se aventurado. Ainda bem que a malta do surf lá estava, pois esse caso aconteceu quando eu tirei essas fotos e eu próprio vi que foram alguns surfistas que permitiram aos rapazaes manterem-se à tona de água, até os barcos salva-vidas chegarem.

As pessoas têm que perceber que, com o mar não se brinca, é preciso respeitar o mar, em todos os sentidos, porque o que tem de belo, tem também de letal e devolve todo o mal que nós lhe fazemos, evidentemente falo do lixo.

Já agora, há talvez 10/15 anos que não via no Pópulo, em Agosto, um pico a rebentar em frente ao Castelo e ir uma direita para a praia pequena e uma esquerda para a praia grande. E da última vez que vi, houve alguém que foi surfar nesse mesmo lugar. Alguém que conhecia e respeitava o mar, apanhou uma onda e saiu, mas esteve lá...