07 outubro 2007

Sem Comentários.

Um homem de Cantanhede contratou dois indivíduos para assassinar a sua mulher. Combinou o preço, chegou a dar uma entrada, deu fotos da sua mulher - alvo a abater -, e outros detalhes para que nada falhasse. Mas algo falhou, pois o cheque com que pagou o restante da soma acordada, não tinha fundo, era “careca”, e o plano foi descoberto, e o marido que queria ver a sua mulher assassinada, acabou sentado no banco dos réus.
Não conheço a sentença de primeira instância, mas o que sei é que o Tribunal da Relação de Coimbra, decidiu que o dito homem fosse ilibado de qualquer crime e seguisse para casa. Sem, mais.

É já o segundo caso tornado público, em poucos meses, de um marido que prepara a morte da sua mulher, contratando criminosos para fazer o “serviço” sujo, mas que, pelo facto da intenção não ter sido consumada, saí em liberdade, com cadastro limpo de qualquer crime.

As mulheres destes senhores que se cuidem, pois da próxima vez pode ser que o cheque tenha provisão……

Será isto justo, será isto Justiça?

4 comentários:

Rui Gamboa disse...

Sai em liberdade e para casa, ter com a mulher, suponho.

pedro lopes disse...

Bem, meu caro, espero que a mulher já se encontre em "parte incerta" ;)

pedro lopes disse...

A UEFA também parece ter os mesmos critérios do que a Justiça Portuguesa, isto a avaliar pelas palavras do vice presidente da Federação Portugesa de Futebol, a propósito das razões que levaram a UEFA a diminuir o castigo aplicado a Socolari.
Pois diz o senhor, que a "UEFA teve em consideração, tb, o facto do soco de Socolari, não ter atingido Dragotinovij."

Ou seja, apesar de ter havido uma clara intenção de atingir com um soco o jogador adversário, de facto, o soco desferido pelo treinador da selecção portuguesa de futebol, acabou por não tocar a cara do adversário (de futebol, entenda-se, não de Boxe), logo, a intenção não foi consumada.

Qualquer dia podemos andar aos tiros uns aos outros na rua.......bem, isto desde que não se atinja ninguém no final.!?!?!?

Rui Gamboa disse...

o lobby é mt importante. e portugal tem um lobby forte na uefa.