07 outubro 2007

"Red Alert"

A americana Jammie Thomas, teve esta semana os seus “15 minutos de fama”, por ser a primeira pessoa a ser condenada por “ ter partilhado ilegalmente ficheiros musicais descarregados da Internet”, utilizando o afamado programa Kazaa.

A sentença, em regime de multa aplicada a Jammie, de 32 anos e natural do Minnesota, foi a “módica” quantia de 157,3 mil euros, e teve em conta 24 (!) temas musicais “sacados” via Kazaa.

Diz a mesma notícia, do "DN" de Sábado, que já decorrem outros 26 mil processos semelhantes nos EUA, sendo um claro sinal da Industria Discográfica contra a pirataria e partilha de ficheiros de música via Net.

Não duvido!!!!!!!!

3 comentários:

Rui Gamboa disse...

Será sempre um jogo de gato e rato. Além do Kazaa e tais, já há outro tipo de forma de partilha de música. A net acaba por ser boa e má para a Industria. Mas é mais boa que má.

pedro lopes disse...

Pois, mas se para sacar umas músicas, eu, no final, tiver de pedir um empréstimo, tipo habitação, para pagar uma multa por ter "sacado" 24 músicas......daasssss

A questão não está se é bom ou mau para a Industria Discográfica, o problema está se a ASAE toma as rédeas a acções deste tipo por cá :) :) :) :)

SB disse...

calem-se. é tudo mentira. é propaganda da indústria com o objectivo de nos assustar.
:s