15 outubro 2007

Sigur Rós; Filme de Digressão em DVD

Os SIGUR RÓS, são daquelas bandas que surgem de tempos a tempos, trazendo consigo uma lufada de ar fresco ao universo da música, e apontando novos caminhos, tal é a ausência de referências ou influências, nas sonoridades que constroem. Disto, apercebemo-nos logo, desde a primeira escuta.
É sublime, a forma como se expressa a voz de Jon Birgisson, com uma melodia instrumental, por vezes construída recorrendo a uma “linguagem” criada pelo próprio, que preenche, de forma brilhante, a composição dos restantes instrumentos. De resto, cantam com recurso ao seu idioma de origem, o Islandês.

Sons fortes e densos, que vêm do fundo, e ganham brilham quando alcançam a superfície.
A primazia é dada, em exclusivo, ao som que produzem, relegando as mensagens das letras para futuras audições, de folheto de CD na mão.

Pois agora teremos a parte visual da banda, um filme lançado em DVD, que já teve apresentação em alguns festivais, e que tem como título, Heima. Este filme, não é mais do que um retrato intimista da banda, só possível pelo facto deste ter sido gravado tendo por base uma digressão de duas semanas, que os Sigur Rós, promoveram no verão passado na sua terra natal, a Islândia.
Tocaram em locais ao ar livre e em pequenas salas de espectáculo, e até deram concertos em cidades quase desertas. É este factor que nos possibilita um retrato mais fiel da banda e dos seus membros, pois é feito longe dos flashes e dos holofotes, no meio das suas gentes.

Aguardo pois, com ansiedade, este documento precioso, que me dará algumas horas de puro deleite e alienação.
Apetece-me dizer, Takk.

10 comentários:

Rui Gamboa disse...

Mesmo porque não é fácil decifrar as letras em islandes. No entanto, apenas com o som dá para perceber qual o sentimento de cada música. Talvez nem tenha nada a ver com a letra de cada música, mas o importante é mesmo o sentimento que desperta naqule que ouve.

E não esquecer os excelentes vídeos, sempre com temas "incómodos".

JNAS disse...

Meu Caro o meu CD dos Sígur, de tanto rolar, está tão fino como uma fatia das finissimas de fiambre da Nobre.Contudo, se há coisa que me repugna e que não compreendo - além do tunning é claro - é o préstimo dos DVD´s musicais ! Whats the point ??? Já agora vi um doc. recente com uma visita, seguida de uma jam session, dos Pixies ao estúdio dos Sigur Ros !
JNAS

SB disse...

tenho um documentário sobre a música na islândia. chama-se 'screaming masterpiece'. ao que parece têm uma escola de música por cada 5 habitantes ou algo do género.
quando souberes o nome do documentário avisa-nos pedro.

Anónimo disse...

As letras do Sigur Ros estão disponíveis, em inglês, na net. É com cada surpresa.

Anónimo disse...

Já agora em que site ???

Rui Gamboa disse...

A página oficial de Sigur Rós tem traduções para várias línguas, espanhol incluído.

aqui:

http://www.sigur-ros.info/eng/lyrics/lyrics.php

Anónimo disse...

Camarada, você especializou-se em dialectos estranhos, para mim, a música do Sigur Ros parece-se muito com um guião de atendimento, .....ou será ao contrário.

Anónimo disse...

Camarada, traduzir Sigur Ros é acabar com a razão de ser da coisa. A malta quer "entender" como se de um processo criativo, só seu, se tratasse,.... é como o frio,.... é a mesma lingugem que criou mil e um crentes que durante toda a sua vida ouviram a missa em latim.Tão só, Não é música é um processo.

pedro lopes disse...

Cara SB, o DVD dá pelo título de HEIMA, e estará á venda por alturas do Natal.

Caro JNAS, vejo que tb partilha da "devoção" pelos Sigur Rós, embora não seja apreciador do género DVD musical. Pois saiba que tb eu não nutro especial interesses por esse tipo de "audição".
Mas este dos Sigur Rós não é desses produtos de massa, nem feito pora massas. Conforme se pode perceber pelo post, é um produto intimista e feito "sem rede", ao natural. :)

Camarada, você tem-me despertado para várias "dimensões".... essa dos "dialectos estranhos".....

Fragmentos Repartidos disse...

Penso que não será um DVD qualquer!
Será a oportunidade de viver um pouco aquilo que vive essa banda que consegue transmitir momentos únicos nas suas músicas, Mesmo que não se consiga perceber as suas letras! E talvez isso também faça parte da música porque podemos dar a acada uma a nossa interpretação.

Resta aguardar.