19 junho 2008

Notas para o fim

Portugal está fora do Europeu. Desta vez até nem encontro quase nada a apontar a Scolari e a maior parte dos próprios jogadores estiveram bem. O terceiro e decisivo golo dos alemães é precedido de uma clara falta. Neste tipo de jogo os mais pequenos erros pagam-se caros e foi o que aconteceu, no 1º golo é Paulo Ferreira que não acompanha a galopada de Schweinsteiger, no 2º golo as culpas podem ser repartidas entre o jogador que marcava Klose (penso que era Ronaldo) e Ricardo e no 3º golo as culpas são do árbitro e.....do Ricardo. Na análise ao último jogo, avisei para o facto do Ricardo ser péssimo nas saídas e que isso poderia sair muito caro a Portugal, foi isso que aconteceu. Mesmo com a falta no 3º golo e com a falha de marcação no 2º, Ricardo fica muito mal em ambos os lances, muito mal mesmo. E aí a culpa também tem que ser de Scolari, que o escolheu como o "seu" guarda-redes. Se tem assim tanta confiança nele, que o leve para o Chelsea, para o lugar do Cech.



Não há muito mais a dizer, mas cá vão as pontuações.



Ricardo: péssimas sáidas, tem culpas nos 2 últimos golos. 2


Bosingwa: esteve neste Europeu numa forma incrível, esteve outra vez muito bem a atacar hoje, menos bem a defender; no 1º golo permite que o cruzamento seja feito. 6


Pepe: é um defesa fantástico, extremamente competitivo e com um físico impressionante. Ele, mais que todos, deve ficar desolado ao ver a desgraça que está na baliza. 7


Ricardo Carvalho: não esteve tão bem neste Europeu, como seria de esperar. Ainda assim, hoje fez uns cortes à sua maneira e esteve bem. 7


Paulo Ferreira: a posição de defesa esquerdo é a grande lacuna de Portugal. Ferreira faz o que pode, mas não é suficiente. Desde que Mourinho deixou de ser seu treinador, como que deixou de saber jogar futebol. Estranho? Talvez não. Podia ter feito mais no 1º golo alemão.5


Petit: já não é o mesmo jogador de há 4 anos atrás, mas esperava mais dele neste Europeu. 6


Moutinho: os europeus ficaram a conhecer um grande jogador. Sporting, diz adeus. Neste jogo falhou uma ocasião incrível e saíu lesionado. 4


Deco: apresentou-se muito bem fisicamente neste Europeu e isso, para ele, é essencial para mostrar todo o seu valor. Hoje foi o melhor "português". 7


Simão: parece que o Simão que jogava e fazia jogar o Benfica não aparece na Selecção e isso sim é estranho. Contra a Alemanha, até marcou um canto directamente para fora. 5


Cristiano Ronaldo: o que foi dito para Deco, serve para Ronado, mas no inverso, ou seja, fruto da longa e dura época que teve ao serviço do Man United, apresentou-se muito débil fisicamente, via-se que queria fazer mais, mas não conseguia. Hoje, teve uma ocasião de rematar livre à entrada na área, que não aproveitou. Com um Ronaldo no seu melhor, era golo na certa. 6


Nuno Gomes: deu tudo o que tinha e que não tinha. Na 1ª parte, por estar mais fresco, ainda causou algum incómodo aos defesas alemães...e marcou um golito. Na 2ª parte perdeu quase todos os duelos. 6


Raúl Meireles: entrou bem no jogo e cumpriu defensivamente, mas no ataque fez uns quantos remates disparatados. 6


Nani: é capaz de enervar até o mais paciente dos adeptos, com aquelas fintas e mais fintas que, na maior parte das vezes, não dão em nada. Uma das vezes deu em alguma coisa e fez um cruzamento certinho, daqueles que era preciso ter feito mais vezes. 6


Postiga: o cruzamento do Nani é, de facto, excelente e é aquilo que se pode chamar "meio golo", portanto Postiga não fez mais do que devia naquela ocasião. Mantenho a minha opinião: Postiga é o pior jogador dos 23 portugueses e talvez o pior de todos os jogadores que estão neste Europeu. 4



Scolari: no Euro 2004, usou a equipe do Porto de Mourinho, reforçada com jogadores como Figo ou Pauleta, mas foi preciso perder com a Grécia para perceber isso. Ele, Scolari, perdeu contra a Grécia na final, ao colocar um Ronaldo inexperiente na posição de ponta de lança. No Mundial '06 a sorte esteve novamente do seu lado, quando no jogo contra a Inglaterra, Rooney é expulso, senão o mais certo era Portugal perder. Neste Europeu, já não se esperava muito dele, a não ser manter as suas fixações. Foi o que fez, uma delas foi-nos fatal: Ricardo. Depois houve os incidentes todos que sabemos, que culminaram com esta palhaçada do anúncio que vai para o Chelsea a meio do Euro. Por isto tudo, fico feliz por saber que vai embora. Nota final para Scolari só não é negativa porque foi ele o treinador que levou a Selecção a uma Final, uma meia-final e uns quartos de final. 5.

2 comentários:

Fiat Lux disse...

Rui e o que pensas sobre o novo treinador?
Até parece que Scolari tem direito a deixar um testamento neste caso do Zico!?
Quanto às notas,estou mais ou menos de acordo contigo, mas para variar tinhamos de ter uma diferença.
Acho que o Deco fez uma exibição do outro mundo.7 é pouco.
Saudações.

Jordao Farias disse...

Estou totalmente de acordo com o último parágrafo! Scolari tem o mérito de unir o país à volta da selecção e de bem ou mal levar-nos a três fases finais (uma delas não por mérito pois eramos os anfitriões). Mas é muito fráco técnicamnet, para não falar da teimosia e, para mim pior do que isso tudo, ficamos sem camadas jovens - o que pode ser fatal daqui a uns tempos, quando Mourinho vier (pois restam dúvida - resta saber quando). Por isso é que acho que precisamos de Queirós!
Cumprimentos