07 setembro 2008

Sunday Papers

Joaquim Machado, no Açoriano Oriental, sobre a política de Educação do Governo Regional dos Açores: "de 2005 para 2006 o crescimento da taxa de sucesso foi superior a dez pontos percentuais. Seria óptimo, se fosse verdadeiro. O indicador não corresponde ao ganho de competências, pois nenhum sistema de ensino é capaz de gerar somente num ano tais resultados".

Estevão Gago da Câmara, também no Açoriano Oriental (mas no de Sábado), a propósito da idemnização de 130 mil euros que Paulo Pedroso vai receber do Estado: "A sentença não iliba o ex-deputado dos crimes crimes sexuais que lhe foram imputados no processo Casa Pia. Na sentença de 101 páginas, a juíza Amélia Puna Lopo explica que os crimes imputados ao ex-deputado não foram apreciados no processo cível, 'apreciação que cabia apenas e só à jurisdição criminal'".

2 comentários:

Alexandre Pascoal disse...

...leituras enviesadas...

pedro lopes disse...

Aproveito a deixa do post do Rui, para acrescentar que os "crimes sexuais que lhe (Paulo Pedroso) foram imputados no processo Casa Pia", já foram arquivados, bem como uma queixa crime - creio que por difamação - que Paulo Pedroso apresentou contra uma das testemunhas do dito processo, que o havia acusado de abusos sexuais quando era ainda menor.

Em suma, depois de tamanho martírio, poderia Paulo Pedroso aguardar um pouco mais, para que todos os processos contra ele, e por ele movidos, ficassem encerrados - na prática, arquivados -, regressando assim à vida política activa, sem recursos pendentes.