07 março 2009

Castigo Divino?

Não há muito a dizer sobre este triste caso.

Primeiro, o bárbaro crime a que foi sujeita uma menina de 9 anos. Depois, a excessiva exposição pública em torno das consequências do referido crime. Mas o surpreendente protagonista do terceiro acto, é um teólogo - sim recuso-me a chamá-lo Padre, quanto mais Arcebispo -, que, tomado por ares medievais, vem agora ameaçar com excomunhão quem, de facto, salvou (pelo menos) uma Vida; a da vítima do crime.

Será que eu - por ser solidário com a decisão dos médicos em realizar o aborto àquela menina -, também sou abrangido por esta excomunhão?

Fica a revoltante dúvida: terá, o padrasto pedófilo, recebido também, O castigo do tal teólogo?

Com semelhantes criaturas no seio da Igreja, esta tenderá cada vez mais a afastar-se dos valores por que se regem, nos dias de hoje, aqueles que acreditam em Deus.

2 comentários:

Fiat Lux disse...

É das histórias mais nojentas que já ouvi.Quem é que merecia ser violado e excomungado aqui?

Voto Branco disse...

Palavras para quê? Sinceramente, se eu estivesse na posição de excomungado até ficaria agradecido, pois quem não queria fazer parte de uma organização liderada por um "mentecapto" era eu!
A estupidez não tem religião... Espero que o nosso Cardeal também meça as palavras quando voltar a falar, não "atiremos" pedras quando temos telhados de vidro!