05 maio 2009

Os Cinco na "Máquina de Lavar"

Este blog é apenas mais um dos milhares que pululam a blogosfera nacional. Tem sede nos Açores, mas não centra as suas abordagens somente neste edílico arquipélago - nem os seus autores são todos autóctones – pois os interesses dos que por aqui escrevem, vão para além deste Oceano que nos abriga e aprisiona.

Esta máquina foi posta a funcionar pelas mãos do meu amigo de longa data Rui Gamboa, que, alguns meses depois, e após alguma insistência (a qual agradeço), me colocou como segundo escriba deste espaço. Assim permanecemos postando por aqui, os dois, durante quase três anos.

O seu nome - já aqui explicado -, não tem por base lavar roupa suja, mas antes agitar algumas águas, e apresentar opiniões e olhares, sobre várias temáticas e devaneios, consoante a sensibilidade e interesses dos seus autores. Aquilo que não é, de todo, é uma feira de vaidades, nem pretende ser propriedade de um ou dois autores. Por este facto, e porque a diversidade é uma qualidade apreciada por nós dois, decidimos, em conjunto, convidar mais dois amigos para fazerem parte da nossa equipa. Refiro-me ao José Gonçalves e ao Sérgio Santos. Por razões que só ao último dizem respeito, só agora este pôde aceder ao nosso convite. Pelo caminho surgiu o Luís Almeida – o único “maquinista” que eu não conhecia -, que tendo em conta a sua actividade profissional, nos pareceu uma boa forma de abrir caminho a novas ideias e abordagens.

Em suma, serve este post para dar as boas vindas ao nosso amigo Sérgio, o último maquinista a assumir os comandos desta “Máquina de Lavar”. Caríssimo, congratulamo-nos com a tua chegada, por múltiplas e válidas razões.

N.B.- Nos meus tempos de criança, havia as aventuras de “Os Cinco”, mas nestes cinco que aqui escrevem, não há nenhum cão. :)

18 comentários:

Rui Rebelo Gamboa disse...

Bem-vindo, amigo Sérgio. Desejo-te o mesmo que desejei ao Zé Gonçalves e ao Luís Almeida: que sejas tu próprio, que te divirtas e que encares isto apenas como um espaço onde podes partilhar todo o tipo de bitaites, pensamentos, sugestões, enfim, tudo que quiseres. Aqui o conta é apenas o objectivo com que escrevemos e, conhecendo-te como te conheço, estou certo que a tua escrita será boa onda. ;)

Luís Almeida disse...

Caro Sérgio,

Pela credibilidade que merecem as palavras do PL, desejo-te as maiores felicidades.

No meu primeiro post achava que ia fazer asneira, até usei a expressão "tropeçar" ou something like that. Aos pouco perdi a timidez.

Boa sorte. Cá esperamos a primeira postagem.

Luís Almeida disse...

Caro Pedro, parece-me que a ideia do cão não é mal pensada. O que acham os outros membros?

Sei lá, podemos arranjar um verdadeiro cão de fila...

Sérgio Santos disse...

Ilustres,

agradeço-vos desde já por me receberem nesta casa que há já algum tempo me habituei a visitar com regularidade, embora quase sempre apenas como leitor. Como sabem, demorei a aceitar o vosso convite porque, habituado a ver este blog de fora, é-me de alguma forma estranho vir a fazer parte dele. Espero poder contribuir com, pelo menos, mais uma opinião diferente de ver e escrever o mundo.
Espero que se sigam bons tempos de troca de ideias, opiniões e informações e que este espaço seja a continuidade da relação que mantemos além teclado.
Quanto ao cão, acredito que com a capacidade que o nosso amigo Rui tem de recolher cães abandonados em sua casa, não nos seria difícil encontrar um companheiro de quatro patas. :)


Um grande abraço e gosto em lê-los!

José Gonçalves disse...

Sérgio
Com a devida vénia e associando-me às palavras acima postadas pelos nossos ilustres companheiros, uma vez que não tenho arte e engenho para discursos de boas-vindas, saúdo o teu ingresso na equipa da Máquina que, apesar de ser de Lavar, me faz lembrar aquelas dos caminhos de ferro, mas em versão mais moderna. Ou seja, sem pomposas circunstâncias, acabamos de inaugurar o TGV português, sem resvalarmos no orçamento, o que sndo um feito louvável, certamente merecerá do Maquinista-Mor a concessão de um Vinho Fino de honra.

Voto Branco disse...

Caro Sérgio,
Eu sou o "chato" residente...
Dou-lhe as boas vindas, na expectativa que mantenha o nível (bem elevado) que a Máquina tem demonstrado!
Já estou em "pulgas" (já que falaram em cães) para receber o seu primeiro post.
Saudações

Sérgio Santos disse...

Eu no fundo só ingressei a lista de postaleiros com o objectivo de organizar umas jantaradas decentes com a malta. Eles confiam no meu bom gosto para escolher refinados exemplares de vinho de cheiro.

Confesso que nunca ninguém me falou em postais...


Gosto em lê-los.

Tone Mouco de Ermesinde disse...

Só espero que não alinhe pelas "pascoalices", tão apreciadas pela nossa amiga Toupeira Real.

Sérgio Santos disse...

Esteja descansado. De certeza que o fiél amigo dos portugueses, o bacalhau, estará presente num futuro repasto. Só não posso garantir que a marca será Pascoal.


Gosto em lê-lo.

Voto Branco disse...

Caro amigos,
Nos Cinco, a personagem Zé, era uma rapariga (Georgina na versão inglesa) e, dizem as más linguas, era do Benfica. ;)
Saudações

Tone Mouco de Ermesinde disse...

Assim que eu gosto de ouvir!
Saudações

José Gonçalves disse...

Caro Sérgio
Quando comentei acima a tua chegada era para me ter referido aos nossos fiéis e acertivos leitores e comentadores como elementos que dispensavama presença do Tim. Acabei por apagar a frase para não gerar a confusão de que quereria compará-os com aquilo que nos falta.
Pois bem abro a excepção para um em particular, ou seja, o "chato" de serviço, o mui estimado Voto Branco, presença habitual cá na casa, sempre pronto a zurzir o nosso juízo e a filar-nos na jugular. Como vês, o Homo Sapiens Sapiens Sapiens já se apresentou, no seu estilo habitual, como diria o Gabriel Alves.

Sérgio Santos disse...

Tal como vos disse no início, este é um dos blogges que visito regularmente e dos poucos que ainda me dou ao trabalho de ler a caixa de comentários.
Felizmente, as comentadeiras de serviço por estes lados ainda usam essa ferramenta para contribuir para a discussão. O VB é um bom exemplo desse bom uso.


Gosto em lê-lo.

Voto Branco disse...

Caros amigos,
Pela quantidade de "postais" de que o nosso caro Sérgio foi alvo, penso que está no bom caminho.
E já que o sr. José chama ao tema o Gabriel Alves, eu aproveito a deixa e apresento-me: "...É um jogador rápido, veloz, lesto, nada lento... muito pelo contrário!"
Saudações

Menina da Rádio disse...

E leis da paridade, não há? ;)

Rui Rebelo Gamboa disse...

Excelentemente bem apanhado, Menina da Rádio!

Grilo de Ermesnde disse...

Pronto, contratem a Menina. Pelo que se lê, a moça percebe da poda.

Anónimo disse...

Anda tudo mto soft por aqui neste post...