28 maio 2010

Sondagem Independência dos Açores

A possibilidade dos Açores serem totalmente independentes em relação a Portugal é um assunto recorrente no debate político do arquipélago. Com o intuito de saber até que ponto é uma questão fracturante, esta pequena sondagem foi criada.


Contamos com todos para a partilha da ligação.

32 comentários:

Anónimo disse...

Eu votei sim e não apareceu nos resultados...

toze_almeida@yahoo.com

Filipe Franco disse...

Qualquer coisa está mal pois ao votar apareceu aviso que não posso votar 2 vezes. De facto só tentei votar uma vez e não deu em nada !

Anónimo disse...

Aconteceu-me a mesma coisa.

TóZé

David disse...

Esta Sondagem deve estar controlada.

joao disse...

a mim também não deu. diz que não posso votar 2 vezes. deve ser por ser ALMEIDA...

lr disse...

Os Açores são dos Açorianos já chegam 500 anos. Independência!

Rui disse...

Então é pq a malta da internet não quer que sejamos independentes. Não, a sério, vou criar uma nova então.
Obrigado a todos.

Rui disse...

Apesar da imagem no post ser a mesma, a sodagem foi criada noutro site e já está funcionado, inclusivé está na barra lateral, fixa.
Novamente obrigado e desculpem a falha técnica.

Anónimo disse...

Eu sou português e claro votei sim. Estou farto de sustentar açorianos. Deixem-se de net porque isso assim nunca mais lá vamos. É preciso é manifestações em Ponta Delgada em pró da independência tal como em 75. Vamos em frente rapazes. Nós aqui em Portugal também há muita gente que quer a vossa Independência, para nós era um alívio financeiro. Os portugueses contam convosco e também fazemos uma manifestação a favor da vossa independência.

Anónimo disse...

Se são democratas, estejam também abertos à posição dos portugueses. Acreditem, juntos açorianos e portugueses podemos traçar o nosso objectivo, que é a vossa independência. Para já será anónimo, mas se vir vontade da vossa parte, nós começaremos a divulgar as nossas identidades e no futuro poderemos trabalhar juntos pela vossa independência. Independentistas e Amigos açorianos, pois todo aquele que é independentista também é nosso amigo, pois nós também somos a favor da independência de Portugal em relação aos açores.

Adolfo disse...

É ASSIM MESMO, Ó TUGA AMIGO, VAMOS JUNTOS LUTAR POR UM OBJECTIVO COMUM, O DA INDEPENDÊNCIA DOS AÇORES.

È uma atitude nobre da tua parte, ó tuga amigo, pois sei que não será fácil pra ti dares a cara por esta nossa causa, a Independência dos Açores.

fraternas saudações pra ti, ó tugámigo.

Anónimo disse...

quem sustenta quem??? portugal tem a maior zona exclusiva marítima da europa e uma das maiores do mundo devido aos Açores. Ainda há pouco tempo, o cavaco discursou sobre a importancia do mar, como sendo um dos últimos recursos que o rectângulo tem. Com a nossa indpendência, lá se ia o fim de tudo. Era para ficarem ainda pior que os gregos...
Típico do portuga, pobre e mal agradecido... fónix, que raça!!! E dps sempre a falarem alto nos sítios. Além de tudo, mal educados.

Anónimo disse...

Os portugas querem é mamar

Anónimo disse...

Por favor açorianos, devo ter sido mal interpretado ou vocês é que me interpretaram mal. Andam há anos a discutir a independência aqui na net, andam a escrever o que podia ter acontecido em 1975, quando o que aconteceu foi terem ganho uma autonomia que custa milhões aos portugueses. É por isso que eu sou apologista da vossa indpendência e não por me sentir superior a vocês. Sinceramente não entendo qual a vossa intenção em fazer uma sondagem, quando todos sabemos que isso não leva a nada. Eu votei sim porque sou a favor e vocês também votaram porque são a favor. Mas é preciso mais. Se vocês fizerem manifestações que não querem pertencer a Portugal, isso daria o pretexto ideal para a ruptura total. Criaria na opinião pública portuguesa, que vocês não estão satisfeitos e como nós aqui em Portugal estamos mal financeiramente seria o mote perfeito para fazermos a ruptura. Agora, blá, blá, blá não, não leva a nada. Quanto às provocações de tuga e amigo tuga, deixem-se disso: eu sou português com muito orgulho e isso não me afecta absolutamente nada. Digam, o que vamos fazer para pôr fim a isto.

Anónimo disse...

Quanto à zona económica exclusiva. É verdade , que essa pode ser uma das razões para nós pagarmos a vossa autonomia, mas também é verdade que não temos condições para explorar a zona toda. Quanto às riquezas que poderão estar nos açores, acho que ninguém sabe o que lá há. Fala-se, mas é preciso factos. Agora, factos são o que vocês custam ao erário público de Portugal. Aquilo que eu pago, é o que me interessa. Pertençam a quem quiserem, por mim têm carta verde, agora uma coisa eu tenho a certeza: eu se puder pagar menos, pago.

cidadão...embora anónimo disse...

Ora aqui está um tema verdadeiramente interessante. Pois bem, eu votei NÂO.
E passo a explicar: numa época de grave crise como a que nos está a sufocar, não podemos voltar costas ao território continental, não podemos voltar costas aos nossos irmão do continente, só porque queremos, de modo egoísta e desonrado, ultrapassar de forma menos dura e pesada, esta grave crise económica e financeira.

É aguentar um pouco mais Açorianos, e segurar aquele pedaço de terra ligado ao continente Europeu porque também ele nos valeu há quase 600 anos, quando mandou para cá uns quantos de lá e deu início à prosperidade que estas ilhas vivem. Eles são parte do nosso sangue, foram eles que nos abriram a porta a este paraíso atlântico.

Nós não somos o fim da Europa, nós somos o começo da Europa. A contagem faz-se dos EUA para cá.

Voto NÃO há independência dos Açores, voto NÂO ao abandono dos nosso irmãos continentais.

Anónimo disse...

Mas lá que são chulos..lá isso são!!!

Anónimo disse...

Cuidado com a essa coisa de chulos vejam do que tem vivido o país ultimamente. Sejamos todos correctos e claros o insulto não leva a nada. Veja-se como se tratam os politicos e aonde isso nos tem levado.

Anónimo disse...

é o português, açorianos! É espantoso a sagacidade do gamboa. apercebendo-se de que a independência dos açores está na ordem do dia nos açores, resoveu pôr isto a lume e fez uma sondagem. os resultados são claros: 70 porcento dos açorianos não revêem em Portugal e querem a independência. Eu como português e tal como disse anteriormente sou igualmente um acérrimo defensor da ruptura total com os açores. 500 anos é muito tempo, chegou a hora de caminharem com os vossos próprios pés sem precisarem do dinheiro dos outros. Concordo plenamente. Agora, gamboa este resultado é histórico, mas não é história. História só poderá ser feita com intervenções na rua. Manifestações da vossa revolta, na rua tal como fizeram em 75. Acreditem, nós aqui em Portugal damo-vos a indepedência. Gamboa, podes fazer história e ficares para sempre na posteridade. Não deixes isto apenas ficar por aqui. Isto como está não dá em nada. Isto é nada. O mais difícil ainda tem de ser feito. Nós aqui em Portugal esperamos pelas vossas próximas reacções, mas desde já vos digo: estou de alma e coração com a vossa causa.

rapace disse...

É novamente o português. Primeiro e antes de mais quero dizer que estou muito satisfeito com os resultados. Eu penso que vocês conseguirão chegar aos 80 porcento o que é de facto histórico, mas não é história.
Tal como pediu o gamboa no início eu tenho feito de tudo para divulgar esta sondagem também aqui em Portugal e também aproveito para divulgar um forum feito por portugueses que fala na questão açoriana. Até à página 4 era só balelas, mas desde que eu entrei, o forum está muito interessante. Peço ao açoriano afonso e ao gamboa para fazerem parte desse forum e também aí comentarem as vossas posições.
O forum é: http://forumdefesa.com/forum/viewtopic.php?f=15&t=8380&sid=06df74414bc74229634b3abc2bba228d&start=75
Por favor, façam parte deste forum porque penso que podemos arranjar portugueses a favor da vossa causa. Também tenho o meu blogue aonde coloco os meus pontos de vista e aonde vocês também podem colocar os vossos.
O blogue é: http://independenciadosacores.blogs.sapo.pt/2014.html
Por favor partilhem igualmente este blogue.
O nosso objectivo tem de ser comum: arranjarmos angariadores para a causa republicana e independentista açoriana.
Assusta-me o facto de aqui a 5 ou 6 anos ainda estarmos a falar na independencia. A vossa independencia tem ser feta já e agora. Temos de trabalhar juntos.
Comento bastante em sites nacionais e também lá defendo a vossa e também nossa independência. Coloquem posts nos jornais tais como: publico, economico, correio da manhã, oje, sol...
Só assim lá iremos. Falem também com ex membros da fla...
Saudações aos independentistas açorianos e aos independentistas portugueses. Viva a República dos Açores ao futuro novo país ou anexado, que é o mais provável a outro país.

rapace disse...

sinceramente,

rapace disse...

às vezes parece que estou sozinho na luta pela independência dos açores. Não entendo, qual é a ideia do gamboa. Mete esta sondagem aqui e depois o que se faz com ela? Temos de ir à luta, temos de pôr a opinião pública no nosso lado. Não vejo iniciativas dos independentistas açorianos. Apenas, um homem já com alguma idade com o nome de Almeida na luta pela vossa causa, que tem de quando em quando algumas reacções, mas que também não passam disso mesmo. Que deu ao gamboa? No início ainda pensei que seria este herói que iria colocar a independência dos açores na ribalta. Seria um che guevara à moda moderna. Faria história, e finalmente seguiriam um caminho diferente do nosso. Mas hoje já tenho as minhas dúvidas... Será que lhe deu a caganeira e por esse motivo está de quarentena? E os outros, pois parece-me que há mais: o gonçalves, o afonso... Mas, por favor, entrem em contacto comigo para falarmos da causa independentista. Todos os vossos argumentos são os nossos argumentos: 500 anos é muito tempo, eu também acho que é uma loucura. Que vocês querem seguir um caminho, e eu penso que sim, que vocês devem seguir o vosso caminho. A vossa estrada, bem eu quero que a vossa estrada seja outra, mas vocês independentistas também têm de fazer por isso. Ou estão à espera de outro país para serem absorvidos. Mas peçam aos americanos, façam manifestações na terceira para eles vos sustentarem. Mas não fazer nada, não dá em nada. Continuo à espera das vossas reacções, mas honestamente, penso que vocês de independentistas não têm nada. Vamos lutar, eu estou convosco, luto pela vossa causa, sou a favor da vossa causa, comento sempre que posso pela vossa causa, mas não vos posso dar a independência porque não sou o presidente da república de Portugal. Se eu mandasse a esta hora havia festa, música e mais liberdade pelo menos para nós monetariamente falando.

Anónimo disse...

Portugal é uma VERGONHA, por favor entendam isso. A existência de Portugal como país é um engano da história. Portugal e os portugueses já demonstraram que não se sabem governar. Não sabem viver INDEPENDENTES sem depender sempre de ajuda ex...terior. ...Mais valia nc tivessem sido independentes, já que fracassaram. Já os romanos diziam que na península havia um povo que não se sabe governar e que não se deixa governar. Portugal mais valia ser Espanha, já que até cerca de 48% dos portugueses davam tudo para serem espanhóis. Portugal depende de Espanha e de tudo. Experimentem perguntar a um espanhol o que eles pensam de Portugal. Eles até riem-se e referem-se a Portugal apenas como uma mera província espanhola ( e de facto eles até têm razão). Em Espanha NINGUÉM consome o mercado português até porque ele em Espanha é pura e simplesmente inexistente.

Os portugueses quer queiramos quer não são um povo muito INFERIOR ao povo europeu. Sempre foi e não é de agora por mais que se esforçem. Só se lembrem que são portugueses na merda do futebol é? E o resto para quem fica? Portugueses de treta. Por isso são considerados como cidadãos de segunda na Europa. Na Europa ninguém se lembra de Portugal.. já os portugueses porque sempre tiveram um complexo de inferioridade enorme perante os europeus, passam a vida a comparar-se com os demais países. Simplesmente PATÉTICO. Deviam de ter mais vergonha na cara e não esperarem que seja sempre o Estado e os outros países a resolverem os seus problemas. Eu não ando aqui com falinhas mansas! A verdade é para ser dita doa a quem doer! Portugal não vale NADA como nação e os portugueses idem aspas.

Daí lutar pela independência dos Açores e da Madeira a todo o custo. Já o americano Gerald Ford quis nos dar a independência... mas Portugal adquiriu até submarinos para evitar essa mesma independência. Portugal lucra muito tendo os Açores e a madeira. Eles aqui n sustentam NADA até porque somos AUTÓNOMOS. As outras ex colónias tb na altura eram Portugal....Não nos podemos equiparar a esses trogloditas do Continente. Os Açores não precisam mais de se sujeitar a esses pedintes da Europa. Os Açores têm RENOME internacional (ainda)... mas poderá perder esses estatuto caso continue ligado ao quintal de Espanha.

Açores livres!

rapace disse...

Tens razão. Portugal vale pouco. Eu sou português, o tal que tenho vindo sempre a apoiar a vossa causa. Tenho feito o que posso e não posso para defender a vossa causa. Somos pobres, por isso não podemos continuar a custear os açores. Os açores têm agora a hipótese, mas que hipótese de agarrar a independência. Veja-se a nova polémica. Cesar fez bem porque assim revolta o meu país contra vós. Os açoreanos têm capacidade para serem independentes e eu sou um acérrimo defensor da vossa causa. Contem comigo, tenho um blogue ao qual também está aberto, escreve lá, dá a tua opinião. Eu penso, que és um pouco ofensivo, no entanto, tem de ser assim. Dá a tua opinião em jornais portugueses como o Público, o Económico, o Correio da Manhã... Contacta o Gamboa, unidos açorianos e portugueses poderemos fazer com que os açores sejam a próxima nação do mundo. Viva a República Açoriana, Viva Portugal.

rapace disse...

ó açorianada, de que estão à espera. Então, gamboa fizeste a sondagem. Ganhaste homem. Viva a independência dos açores. Mas, estou à vossa espera e que seca. Nunca mais é sábado. Nós para aqui estamos à vossa espera em Lisboa para comemorarmos finalmente a xulada que vocês são. Mas nunca mais. O tempo passa, esperamos por uma manifestação vossa. Açorianos façam-na, por favor, Portugal dá-vos a independência, vocês sabem. Então para quê estarmos a demorar mais tempo, mais dinheiro, façam-na por favor, estamos à vossa espera. Gamboa fala com o medeiros, que comentou aí, ele é de confiança, o homem até a escrever é postitivo. õe-no a falar, façam a revolução, mas andem, andem... Deixem-se de ser cobardes uma vez na vida e andem, andem, façam-na, façam-na...cobardolas de açorianos

Anónimo disse...

Numa tarde de sol os Açores serão independentes.

Portugês disse...

INDEPENDÊNCIA para os AÇORES e para a MADEIRA ..... SIM e JÀ

Os Madeirenses, os Açoreanos têm o direito de gerir as suas próprias riquesas.
Os Portugueses ( de PORTUGAL) têm o dever de suportar, apenas e só, as suas próprias Despesas.

SEM TABUS, MADEIRENSES, AÇOREANOS e PORTUGUESES, comecemos desde já a discutir abertamente a INDEPENDÊNCIA dos AÇORES e da MADEIRA. PORTUGAL, por outro lado ficará mais próspero, mais unido e mais Português sem essas regiões.

Anónimo disse...

Os Açores nem merecem a autonomia que possuem e agora querem ser independentes. Por favor tem juízo Açores, porque se formos independentes morremos todos à fome porque recebemos um subsidio do continente e sem esse subsidio mal nos aguentamos.
Vai haver um corte de 20& nesse subsidio e quero ver como nos vamos
safar.
Pensem e depois comentem.
Alguns países como a República do Sudão do Sul quiseram ser independentes e agora são dos países mais pobres de Àfrica.
Sou açoriano.

Anónimo disse...

aberração essa ideia.

Anónimo disse...

Petição independência de Portugal em relação aos açores. açorianos assinem esta petição. Lá também diz que podem assinar.
Começa a nascer também em Portugal independentismo em relação aos açores. Tal como vos disse anteriormente, temos de trabalhar em união. Quanto mais depressa houver separação, mais livres nós aqui em Portugal viveremos. Gamboa, conto contigo...

rapace disse...

http://escrutinarasilhas.blogs.sapo.pt/3784.html
bolha açoriana

César é o faraó dos açores. A sua lei é: "quero, posso e mando". Se ele se recandidatasse ganharia facilmente, pois, as suas políticas são do agrado do seu povo. Cheios de benesses, sabendo que os portugueses estão comandados pela troica e com medidas duríssimas e a madeira a pagar as loucuras do jardim. Eles, estão no bem bom, a verem os outros a sofrer. O faraó disse-lhes, que foi a sapiência do seu governo, que fez milagres. De todos os privilégios açorianos, aquele que mais detesto é o ordenado mínimo regional, IVA e a dívida da saúde açoriana. O faraó, segundo berta, vive na Alice no país das maravilhas. Faz o que quer, diz o que quer, ninguém em Portugal ousa em fazer-lhe frente, quem está como ele? Em Portugal, se calhar ninguém!

César, não tinha direito à reforma, passados dois dias, afinal era lapso, já tem direito a 1000 euros, acumulando com a sua reforma vitalícia de político de mais 4 mil euros. Mas será que daqui para a frente os açores continuarão a viver como até aqui??? Bem ele saiu! Ele sabe que a União Europeia vai-lhe mandar menos ração, "dinheiro" para as ultraperiferias. Ele sabe, que no memorando da troica está uma medida que visa reduzir significativamente transferências portuguesas para os ilhéus açorianos e madeirenses. Fica a pergunta: Como é possível que no estatuto açoriano as transferências para aquela região deviam sempre aumentar. É o paradoxo da assembleia da república! Não estão para ler leis e como tal tudo aprovam, nós os desgraçados do costume lá pagamos. Já não basta de ter de pagar a luz dos ilhéus e a água, o iva, o IRS, vejo-me com menos dinheiro ainda por cima ainda tenho de pagar estatutos dos ilhéus. É que os açorianos acham que ele tem razão, quer dizer, paga português e cala-te, que eu quero viver sem sacrifícios. Mas os açores são viáveis daqui para a frente????? Tenho sérias dúvidas! Com a redução de transferências e como aquilo não produz absolutamente nada, quem ganhar as eleições açorianas terá uma herança cesariana pesada! Recebendo menos de mesada terão de obrigatoriamente de gastar menos! A choradeira de regiões ultraperiféricas não terão eco nem da União nem aqui, apesar dos portugueses e aqui vai uma crítica para os meus conterrâneos não ligam e não percebem patavina de nada. Espero, que as normas da troica sejam para cumprir, a açorianada não terá outro remédio, apesar da choradeira de terem de apertar e bem o cinto. A açorianada habituada a mamar de um sistema complacente vai ter que mudar de vida. Vão ter saudades do cesar e muitos vão dizer: "se fosse com o cesar isto não seria assim, buáá, buáá,..." Muita baba e ranho vão chorar. Mas o principal culpado é mesmo o cesar e o próprio sistema açoriano, que deve habituar-vos a trabalharem mais e a chorarem menos. Como se vai mudar uma região, que está completamete alavancada chamada açores??? A querer tudo de graça e que outros vos paguem tudo e vos dêem tudo. Apenas vejo uma hipótese: juntem-se aos EUA, convençam Obama a sustentar-vos e, que ponham os americanos a trabalharem para vós, pode ser que tenham sorte.

Da minha parte, sabem que podem sempre contar comigo para isso.

As regiões do interior português precisam de solidariedade. O meu Portugal é PRIORITÁRIO! Por mim, independência, que já se faz tarde!

Anónimo disse...

A sério deviamos todos defender uma pátria unida e forte em vez de independentismos surrealistas, temos de ser realistas os Açores não são independentes em quase nada. Gostaria que me explicassem como é que um micro grupo de ilhas difundidas pelo Atlântico iriam sobreviver. Grande parte das trocas comerciais açoreanas fazem-se com portugal continental. Já chega de lutar mos contra a maré e temos de perceber que todos precisamos uns dos outros a União faz a força. Portugueses somos todos incluindo os Açoreanos, somos um pais pequeno mas com uma enorme variedade.