15 abril 2011

Agora continuem a assobiar para o lado

2 comentários:

cefariazores disse...

Já muito que digo isso nos meios por onde ando e continuo a dizer que as verdadeiras contas não são de POC, POCAL ou outros nomes mas as de merceeiro que não tem esquemas. Dívidas são dívidas, receitas são receitas e despesas são despesas, nada mais.

Anónimo disse...

É assim, Mente Livre, que as contas deverão ser apresentadas, ou seja, de forma clara, transparente e, sobretudo, na totalidade, afastando-se qualquer subterfúguio técnico incompreensível para quase todos nós. O restabelecimento da confiança nos políticos pasa, em boa parte, por aqui.
JG