16 abril 2006

Direita e Esquerda I

Em termos muito gerais e teóricos a diferença entre Direita e Esquerda é a diferença entre o interesse privado e público. Colocando as coisas em termos mais extremos: para um regime de esquerda, o grande interesse é o público, isto é o bem superior da Nação, neste contexto,as capacidades dos cidadãos não são deles, são do próprio Estado, esses cidadadãos são apenas veiculos que carregam essas capacidades e que devem usa-las, quer queiram ou nã, para o bem maior da Nação. Consequentemente, o regime tem que ser muito forte e omnipresente, pois é a única forma de garantir que todos os ciadadãos irão usar as suas capacidades para o bem geral. Esta forma de governar irá garantir, no entanto, que todos tenham um acesso 'justo' à riqueza do país. Essa riqueza não será distribuida segundo a importância do trabalho que cada um desempenha na sociedade, mas sim na quantidade desse trabalho, por exemplo se um varredor trabalhar mais que um médico irá ganhar mais.

A Direita identifica-se com interesse privado. Desta forma o regime deve criar as regras e deixar que sejam os privados, segundo regras de competitividade e de mercado livre, a fazerem a distribuição 'justa' da riqueza. Este sistema irá fazer, inevitavelmente, com que surgam cidadãos que sejam colocadas à parte, porque neste sistema, uns irão ganhar e outros perder.

Estes são apenas os pontos de partida e são vistos em extremo, porque nenhum pode existir, sem ir buscar algo do outro.

1 comentário:

Pedra disse...

A colocar em manual escolar... de perferência por 6 anos.
Tudo o que é levado ao extremo peca por injusto. A justiça está no equilibrio entre as partes, deixando lugar à experimentação.