29 outubro 2006

O Benfica é muito Grande


Foi um inicio de noite stressante, no mínimo. Para nós, benfiquistas, já se adinhava um jogo complicado, e muito mais ficou quando o Lucíclio Baptista apitou para o começo da partida. Nos primeiros minutos – até aos 10 min. de jogo – o Benfica até jogou bem, Léo até teve uma boa oportunidade, mas rematou com o seu pior pé, o direito.

Depois disso, o Porto tomou conta do jogo, com um meio-campo muito dinâmico, Assunção, Lucho e Anderson, o Benfica não aguentou o jogo ofensivo portista e foi com alguma naturalidade que o golo do Porto surgiu. É verdade que foi um golo de sorte, mas merecido. Depois disso o Porto podia ter marcado mais, estava a jogar melhor e o Benfica não tinha resposta. Na minha opinião o Fonseca não devia ter jogado de início, devia ter entrado com mais um médio-centro, talvez o Beto.

E foi, outra vez com naturalidade, que o Porto marcou. Quaresma já tinha feito uma jogada igual. Outro erro do F. Santos: defender o Quaresma tem que ser com um jogador na dobra, ou seja, depois do Nelson devia haver um colega para ajudar. Não havia e Quaresma fez magia outra vez, também depois desligou e acabou por sair, naturalmente.

Depois do 2-0, o Benfica reagiu, podia até ter reduzido antes do fim da 1ª parte, nãoo fez, se tivesse feito o resultado seria diferente. Com o início da 2ª parte o Benfica vem melhor e F. Santos faz o que tinha de fazer, tira Fonseca põe Mantorras, tira Paulo Jorge (em baixo de forma, vindo de lesão) e põe Nuno Assis, que devia ter jogado de início. Os papelinhos com os recados à Mourinho funcionaram e o Benfica deu baile. Aquele é o Benfica que nós gostamos de ver, aquele que já tinhamos visto na 1ª parte do jogo contra o Man. United. Eles não conseguiam sair do seu meio campo. Reduzimos, numa bela cabeçada do grande jogados que é Katsouranis, e dpois empatamos, numa grande jogada colectiva, com Nuno Gomes a fazer aquilo que sabe: estar no local certo e encostar para marcar.

O Benfica poderia ter ganho o jogo. Não estava a dar chances ao Porto. A verdade é que foi o Porto que acabou por ganhar: já depois dos 90 minutos, um lançamento lateral inofensivo (Fucile praticamente cruzou a bola para a área), desconcentração dentro da pequena área e Bruno Moraes, usando a sua força, a fazer a maior das injustiças.

Este jogo serve para mostrar que os jogos com o Benfica é que são bons jogos, em Portugal: todas as equipes querem ganhar ao Glorioso, é o único clube com dimensão de grande em Portugal. O exemplo do fraquíssimo jogo entre Sporting e Porto, é sintomático.

Foi, no entanto, um bom jogo. Devemos, benfiquistas, estar contentes com a nossa equipe, não tanto com o nosso treinador, ele errou no 11 inicial, emendando depois a mão. Oferçemos uma parte ao Porto, e isso é proibido. Quanto ao Porto, não vai longe assim, jogou mal em Alvalade e teve sorte de levar um ponto, jogou mal hoje e teve a sorte de ganhar. Com um plantel que vale os do Benfica e Sporting juntos devia fazer mais. Bastou ficarem sem o Anderson e ficaram uma equipe inofensiva.

O campeonato será, no entanto, do Benfica. O plantel do Sporting, único que pode lutar connosco, é curto e muito jovem e quando os maus resultados surgirem, vai acusar. O Porto, com este Jesualdo não irá longe, a substituição do Anderson pelo Raul Meireles diz tudo. Quando Benfica tiver o plantel todo a 100% ninguém nos aguenta, ou então não.

7 comentários:

PP disse...

...êta Benfiquista ferrenho.
Nada que eu já não soubesse.

Vamos ver quem leva o nome de Portugal á Europa.

PP disse...

Também eu sei o que sentiram hoje.
O "meu" empate soube-me a uma amarga derrota.

Rui Gamboa disse...

Mas tás feliz com aquele sporting? hein?

Sabes qual é uma boa reflexão? SAber se o facto do Sporting estar tantos anos sem ganhar o campeonato tem alguma coisa a ver com a febre qua entrou em portugal no pós 25 de abril e a perseguição às camadas sociais 'mais altas'. Porque quer se queira quer não o Sporting tá associado a outro tipo de pessoas, ainda hoje. Basta ver os últimos presidentes do Sporting (tirando Sousa Cintra e J. Gonçalves) e ver os do Benfica. É descobrir as diferenças!

PP disse...

Sim, também eu conheço este rótulo de clube das elites.
Pura mentira.
Sim, claro que é um Clube com muito nível, este meu Sporting.
Também é verdade que tem tido melhores Presidentes de que o teu Benfica....os nossos não precisam do seu clube para enriqueçer.
Só assim se percebe como o "glorioso", com os seus 6 milhões de adeptos, tenha as contas como tem, entenda-se, na bancarrota.

O Luís Filipe Vieira é um gajo porreiro. Um verdadeiro Português, um puro sangue lusitano, de bigode e tudo...só lhe falta o cajado e a bóina preta...

O Nosso Soares Franco, no alto dos seus 2 metros, respira confiança e bom ar, não entra em conversas de taberna com Pinto da Costa. É mais Low Profile.

No entanto, parabéns pelo resultado de hoje. Penso que o teu último post deveria ter sido colocado hoje....e com o mesmo protagonista.

Abraço amigo

PP disse...

Então caro amigo, não respondes.
A ser assim, fico a saber que tu concordas comigo, aceitas as evidências.Também não me estranha, pois para além de Benfiquista ferrenho, és uma pessoa sensata, com um visão clara da actual realidade: o Sporting tem mais potencial e um Presidente à Altura dos seus pregaminhos...e tem as contas um bocadinho melhor...sem operação coração...

..a vitória será nossa, Viv´ó Sporting, Viv´ó Sporting

PP disse...

~
~

PP disse...

Vinha ver se havia resposta, e vejo um "comwntário" meu que não sei como foi aqui parar???...enfim, insólito yorn!!!