07 fevereiro 2007

Subtilezas

Na apresentação do mega-projecto (são 700 milhões de euros) para o campo de golfe da Batalha, o Presidente do Governo Regional dos Açores disse o seguinte “as tarifas aéreas praticadas para o destino Açores ainda são elevadas”. A pequena palavra “ainda” dá a entender, para os mais distraídos, que o executivo socialista anda a baixar as tarifas. A verdade é que nós, açorianos, não somos nem distraídos, nem esquecidos e lembramo-nos que as duas companhias que fazem as ligações aéreas para os Açores – SATA e TAP - numa manobra típica de cartel, subiram os preços, imediatamente antes do último Natal (até parece que foi combinado, não foi?)

3 comentários:

claudio almeida disse...

O governo Regional não tem a minima sensibilidade sobre esta matéria.
Alunos estudantes no continente e não só, pagam balurdios para ir e vir. O mesmo acontece nas tarifas inter-ilhas.

PP disse...

Pois é meu caro, como escrevi há dias, este proteccionismo Estatal, em lugar de "proteger" o cidadão Açoreano dos altos preços das passagens aéreas, cria uma situação de cartel, que só beneficia as coompanhias de aviação referidas.

Espero que o "ainda" de Carlos César, seja um pronuncio de uma baixa das tarifas. Será? Haverá vontade politica?

É esperar para ver!!

Rui Gamboa disse...

Deve ser PP.Não há hipotese, as tarifas têm que baixar.