26 janeiro 2008

Sacanas...pá!

Agora, vamos ver se isto dá em algo de concreto. Portugal pode ter muitos problemas e as razões porque temos um atraso crónico em relação à Europa são variadas. Mas a mais relevante talvez seja a Corrupção. Há outras, mas talvez estejam directa, ou indirectamente ligadas á Corrupção.

9 comentários:

Claudio Almeida disse...

O bastonário da ordem dos advogados em vez de levantar suspeitas deveria era dizer nomes!

Anónimo disse...

Camaradas, no caso português, deparamo-nos com a necessidade de evitar que o mundo seja redondo. Num mundo arredondado, os nossos dirigentes incorrem no risco de enfiar a mão no bolso traseiro,....deles mesmo.

pedro lopes disse...

....pois, pois, os ângulos de 90º são tramados...

pedro lopes disse...

António Marinho não é homem de se ficar, não é hipócrita nem pode ser acusado de ser conivente com interesses instalados.

Que às vezes espalha umas brasas, isso é verdade. Mas se é necessário, por vezes, que se exceda, para que vá dizendo alto e em bom som, as merdas que por aí se vão fazendo, por mim tudo bem.

O Pina Moura e outros de que falou o Bastonário, para os mais atentos, não constituíu surpresa.
Mas parece que foi preciso ele falar, e ter um Procurador da Républica à sua altura, para que estas afirmações possam ter, eventuais, consequências.

Ainda bem que António Marinho, mesmo no cargo que acupa, não se coibe de falar verdade e desmascarar os "polvos" que por aí andam. Aliás, ele sempre falou, mas agora fala como Bastonário, e alguns sentem-se obrigados a ouvi-lo.

É como dizes, Rui, há muita sacanice por aí que nos impede de avançar.

Pinoka disse...

O meu louvor ao bastonário está aqui (http://o-pinoka.blogspot.com/2008/01/tenham-medo-tenham-muito-medo.html

JRV disse...

Conseguiu marcar a agenda. Vamos ver no que dará. De qualquer modo, concordo com o Pedro: às vezes são precisos uns supostos loucos a dizerem umas supostas loucuras para que o país acorde.

Anónimo disse...

Alguém tem titulos de aforro dos correios.1-0

blueminerva disse...

Portugal, sabemos todos, é o país dos inquéritos da treta, das providências cautelares, das investigações justiceiras, que invariavelmente, nunca passam de ameaças, mas... desta vez, espero que sejam tomadas em consideração as palavras do Bastonário da Ordem dos Advogados.
Um abraço

Anónimo disse...

Já agora, gostava muito de ver o Sr. Procurador Geral ser eleito, ao invés de nomeado. É-me estranho ver alguém supervisionar as mesmas pesooas que o nomeiam, politicamente.