11 junho 2008

Portugal - Republica Checa (pontuações)

Em resposta ao exercício proposto pelo blogger Fiat Lux, aqui ficam as minha pontuações (de 0 a 10) aos jogadores de Portugal, no jogo contra a Republica Checa. Foi um bom espectáculo dado pelas duas formações, mas no fim a maior qualidade portuguesa veio ao de cima.
Ricardo: péssimas saídas nos cantos, uma verdadeira agonia. Fez uma grande defesa e só por isso não tem nota negativa, 6.
Bosingwa: mais um grande jogo do lateral, igual ao que conhecemos, ou seja, melhor a atacar que a defender. 8
Pepe: seguro, mas com um par de desantenções, que noutros casos podem ser fatais, 7
Ricardo Carvalho: o líder da defesa, não está ainda ao seu melhor, 7
Paulo Ferreira: fora da sua posição, pode apenas ambicionar a não comprometer, foi o que fez, 7
Petit: Essencial na estratégia (se é que existe) de Scolari. O que lhe falta em velocidade, sobra
em entrega, 7
João Moutinho: Tal como o resto da equipe, não esteve tão bem como no jogo contra a Turquia. Ainda assim, fez um bom jogo, enquanto esteve em campo, 7
Deco: Parece que está mais fresco que os restantes colegas, talvez devido ao facto de não ter jogado muito pelo Barcelona esta época. E quando está bem fisicamente, comanda todo o jogo de ataque, 8
Simão: Discreto e com a mania que é quem marca os livre todos, 6
Cristiano Ronaldo: Não fez quase nada durante todo o jogo, agarrou-se muito à bola, não conseguiu fazer um drible com sucesso. Ainda assim, marcou um golo e fez uma assistência, é o suficiente para ter um 8 e ser, para mim, o melhor em campo.
Nuno Gomes: É ingrata a sua função, já o era para o Pauleta. Mas o Pauleta marcava, o Nuno Gomes não. Às vezes dá pena vê-lo em campo, mas é útil à equipe, permite que os jogadores de meio campo tenham mais espaço, 7
Meira: Entou para seguir Koller (parece-me) e como o gigante checo não fez nada, fez o que se lhe pediu, 6
Hugo Almeida: antes não tivesse visto nada dele e não teria, por isso, pontuação. Mas vi e não foi bom, 3
Quaresma: Entrou, tentou fazer os seus truques, não deu em nada, porque o Quaresma é bom apenas para consumo interno. Marcou um golo, pois marcou, mas eu também marcava aquele golo, 4

12 comentários:

O Pinoka disse...

Concordo com quase todas as observações e pontuações. Apenas umas divergências para :
Bosingwa – Perdeu muitas bolas a atacar, na insistência do um para um. Defendeu bem, mas muito melhor no jogo com a Turquia, quer a defender quer a atacar.
Petit – Muita entrega mas fica ligado ao golo sofrido. Muito melhor com a Turquia.
Nuno Gomes – Muito útil na frente, não marca mas dá a marcar. Tal como dizes, cria espaços.

Só uma nota para um que não jogou mas põe a jogar. Scolari. Até os maiores críticos vão ter saudades.
Um abraço

Rui Gamboa disse...

Não vi o golo dos checos, devo dizer, por isso não posso comentar sobre o assunto.

Quanto ao Scolari, acho que não vai ter muito futuro no Chelsea. Não me parece ser um treinador, no verdadeiro sentido da palavra, mas sim um líder. É o homem exacto para este tipo de competição curta, onde as tácticas ficam muitas vezes em segundo plano, onde o importante é mesmo dar aquele extra de motivação que faça a direrença, porque motivados já estão todos, porque estão ali. Agora, num campeonato longo, como o inglês, onde as tácticas são mesmo importantes e são o principal, não sei que sucesso ele terá. A prova disso é que nas qualificações, Portugal nunca esteve bem com Scolari, mas sempre fez grades fases finais.

Pois que venha um tipo como F. Santos para a quqlificação e o Scolari, depois de despedido do Chelsea, que venha comandar a Selecção no próximo Mundial.

Fiat Lux disse...

Ok Rui, Domingo cá estamos.
No meu blog em resposta ao teu comentario procurei justificar a minha "avareza" pontual :)
Quanto a Scolari no Chelsea, faz-me desejar o mais depressa possível um confronto com o Inter de Mourinho :)
Cumprimentos.

blueminerva disse...

Grande vitória!
Só um aparte, castigava tanto o Milan Barros... coisinha mai linda!

Um abraço

Fiat Lux disse...

Rui, esta foi a pontuação d'A Bola

Ricardo 7,Bosingwa 7,Pepe 8,R.Carvalho 8,P.Ferreira 7,
Petit 7, Moutinho 7,Deco 8, Ronaldo 8,N.Gomes 7,Simão 7
Meira 6,H.Almeida 5,Quaresma 6

Deste 7 notas iguais à Bola!
Eu dei apenas 2 notas iguais!
Se A Bola precisar de enviar mais alguém para cobrir o Euro...vais tu :)

SB disse...

Não podia estar mais em desacordo nas pontuações que atribuíste ao Deco, ao Cristiano e ao pobre Nuno Gomes. O Deco foi o homem do jogo. Já tinha sido contra a turquia. O cristiano na selecção muitas vezes mostra o puto que é. perde dribles, passes e é muito individualista, mas menos mal: marca. Isto não o faz o homem do jogo, nem o torna mais importante que o Deco que está nos 3 golos e foi incansável. O nuno, coitadinho, não tem equipe a jogar pra ele, daí que não se possa esperar muito. Ainda assim teve um passe fantástico que levou ao golo.
Por outras palavras: 9, 7, 7

Rui Gamboa disse...

SB, no fundo, quem resolveu foi o CR e por isso é o homem do jogo. Se vires, eu digo isso mesmo, que o CR não fez nada e que o Deco, por (parecer) estar bem fisicamente, é o líder do meio campo e comanda todo o jogo de ataque da equipe, é esse o seu papel, sempre foi, desde os tempos do Porto e, desde que o Rui Costa saiu da Selecção, que é o melhor numero 10 que temos. Por isso, não há nenhum desacordo entre as nossas análises, a única questão é que o CR resolveu e apenas por isso é para mim o homem do jogo.

Em relação ao NG, não estamos bem em desacordo, mas quase. Eu tb digo que a equipe não joga para ele, ele tem uma função ingrata, por isso. Mas a diferença entre ele e um bom ponta de lança, como era e é o caso do Pauleta, é que o Pauleta além de cumprir essa função ingrata de prender os defesas e abrir caminho para os médios do meio campo, além disso o Pauleta ainda marca golos; muitos até. A diferença entre um bom avançado (Pauleta) e um medíocre (NG), é que um só precisa de uma oportunidade para marcar, enquanto o outro precisa e esbanja imensas, ontem recordo-me de pelo menos 2 claras oportunidades que perdeu. E isso já para não falar no Benfica, onde falha golos seguidos.

Enfim, as nossas opiniões de facto não são assim muito diferentes, mas de facto a valorização que damos a cada papel, é.

SB disse...

de facto não são assim tão divergentes, mas uma coisa te digo o Pauleta não fazia nenhum...minha nossa senhora era um ponta de lança sem golos a registar (na selecção).

que deus me perdoe por esta difamação ao meu querido pauleta :D

Rui Gamboa disse...

como assim, "era um ponta de lança sem golos a registar (na selecção)?

queres dizer que ele nâo marcava golos na selecção?

mas ele é o melhor marcador de todos os tempos da selecçâo e com um rácio que deverá ser imbatível.

recordo-me do desatroso mundial no oriente, onde nada funcionou, ele marcou um hat-trick...e enfim, tantos ouros, ele nâo pode ficar marcado só pq nâo fez golos no euro '04...

Anónimo disse...

O Pauleta, embaixador do Tibete e Confrade do Queijo Bola, marcava sim senhor...contra o Licheinstein, Azerbeijão e a Arménia.

O Regedor disse...

bem...em fases finais, contra grandes equipas, nunca se destacou. O pauleta, é claro!
Já o nuninho, apesar de fraco, sem marca uns golos a frança, espanha, inglaterra, por exemplo.

Rui Gamboa disse...

sim, concordo, o nuno gomes teve o seu grande momento no euro 2000, onde marcou alguns golos.

a verdade é que o nuno gomes é talvez o jogador mais sobrevalorizado que portugal já viu. a imagem que conseguiu criar contribuiu muito para isso. porque, fora ele um tipo com uma imagem como o jorge ribeiro e não tivesse tido a sorte de marcar esse golos em 2000, e o mais certo é que hoje em dia estivesse a jogar no braga ou noutra equipe de 2ª linha.

é que nem se queira comparar a qualidade do nuno gomes com a do pauleta. e não tem nada que ver com o facto de ser açoreano, é simpesmente porque não é comparável, o pauleta é de longe melhor. e só tenho pena que nenhum treinador os tenha posto a jogar juntos, teria sido uma boa dupla, pois são diferentes e poderiam completar-se. no entanto, compreende-se dada a grande qualidade que portugal sempre teve e tem no meio campo.