03 julho 2008

Pseudo-intelectualismo em tempo de crise de meia idade


Sei bem que o estilo de música que escolho para a playlist não é do agrado da larga maioria das pessoas. Basta ver os tops para percebermos que a malta prefere Tonys Carreiras e Nels Monteiros. Como facilmente se pode comprovar não partilho daqueles gostos. Mas se há algo subjectivo neste mundo são gostos, por isso longe de mim qualificar quem gosta dos Carreiras como gente com "mentes pouco ou nada habituadas a ser usadas para funções normais que são as de pensar, de incorporar novos conhecimentos (...)".

Profª Brasil, "estupidez e ignorância" é tudo menos os seres humanos que aqui vivem preferirem o Indiana Jones e não a passagem a filme de uma obra de Garcia Márquez, que aliás a crítica foi quase unânime em considerar mau.

Pela profª era aplicar a técnica Ludovico, tal como ao Alex deLarge na Laranja Mecânica, não era?

7 comentários:

Henrique disse...

também me desagradou o texto Rui.

Acho que essa servia-lhe bem : http://www.youtube.com/watch?v=-vOhFF6L4iQ#

Haja saúde

Sónia Miranda disse...

Quanto à playlist devo confessar que estás aprovadíssimo...
:)

jacobino disse...

divirto-me sempre a ler as crónicas dessa senhora no AO. são tão naive e desfasadas da realidade que me lembram os Monty Pyton, ainda com o Cleese

Paulo Pereira disse...

Não estou a par da polémica, mas não quero deixar de dizer que a playlist é do meu gosto.

SB disse...

ahahaha no mesmo texto que fala da estupidez e ignorância dos aqui residentes, numa atitude intolerante e complexada, disserta sobre o amor e a paciência e tolerãncia que o caracteriza! sim senhora!

ó rui a música está boa como sempre ;)

where is my miiiinnnddd

blueminerva disse...

A tua playlist é deliciosa... tenho descoberto verdadeiras pérolas sonoras!
Quanto à polémica, bem... é um estereótipo, e eles valem o que valem.
beijocas

Rui Gamboa disse...

SB, deve ser a pegagogia da profª, ou seja, primeiro chama os nomes todos e vinca bem a sua superioridade intelectual, mas depois, numa atitude altruísta, vem partilhar e mostrar aos ignorantes os bons valores.

Blueminerva, eu trouxe este assunto apenas porque é insultuoso a todos que não viram o filme em questão. Não fui ver nem o Indiana Jones nem o Amor em tempo de cólera, mas se tivesse ido ao cinema e tivesse que escolher, certamente iria para o Indiana.

Henrique, de facto o vídeo de scrubs encaixa perfeitamente.

Cumprimentos a todos!