22 julho 2008

Radovan Mestre do Disfarce


6 comentários:

Anónimo disse...

ex-genocida?

servo de deus.... disse...

Quem devia acompanhar este alegado criminoso de guerra, deviam ser todos os responsáveis pela guerra na ex-Jugoslávia, muitos deles hoje estão impunes nas diversas chancelarias europeias.
O Radovan simplesmente foi um perdedor nesta guerra suja.
A mesma Europa que condena este nacionalista sérvio é a mesma que aperta a mão a líderes terroristas como Kadafi ou ditadores como Mugabe.
Enfim, mais uma história de "bons" e "maus" para se contar às criancinhas.

Rui Gamboa disse...

compreendo o seu argumento, aliás Robert McNamara diz que se a América não tivesse ganho a IIWW, ele, o General LeMay e muitos outros teriam sido julgados e muito provavelmente condenados como criminosos de guerra. mas a História é sempre contada pelo lado ganhador, não? e lá porque outros também fazem das suas, não quer dizer que este não seja um criminoso de guerra., pois não?

"bons" e "maus" só mesmo para quem vê o mundo a "preto" e "branco".

servo de deus... disse...

Sr.Rui:

Não alinho no "politicamente correcto".
Para mim há criminosos de guerra no "activo" e quase todos eles estão fora da jurisdição do TPI.
Há que denunciar isto e levar tos os criminosos à justiça.

Enquanto assim não fôr não temos uma justiça a preto e branco, mas à Hollywood.

http://direitodeopiniao.blogs.sapo.pt/281877.html

Anónimo disse...

e aprender a escrever a palavra medicina?

Rui Gamboa disse...

obrigado pela dica, desde castelo branco até aos Açores, mas só dá a cara quando ganha qualquer coisa.