19 setembro 2008

Momento de Verdade, Momento Triste


Quando se julga que as televisões generalistas já não conseguem descer mais, surge sempre algo ainda pior. Estou a falar do novo programa da Teresa Guilherme (Portugal deve ser o único país no mundo onde uma pessoa com as qualidades físicas e não só da Guilherme tem sucesso como apresentadora de tv) o Momento de Verdade.

Candidatos ao programa devem ser mais que muitos, mas a SIC só pode escolher tipos como os últimos dois que, por exemplo, não gostam de brincar com a filha pequena, ou que já enganaram a mulher mais de 15 vezes, ou que batem na mulher, ou que teriam relações homossexuais por 250 mil euros. Porque apenas tipos como esses é que valem a pena ir ao polígrafo. No entanto, aquilo que fica é que, a SIC, em nome das audiências e os participantes, em nome do dinheiro, estão dispostos a tornar público as piores tropelias que fazem nas suas vidas privadas.

Ainda mais incrível é que há um programa no dia seguinte para os comentadores especializados dissecarem o que resta daquelas amostras de famílias, entre eles o(a) obrigatório(a) Cláudio(a) Ramos, a Luísa Castelo Branco e o nosso potêncial futuro representante na Assembleia Legislativa Regional, o fadista-marialva Gonçalo Câmara Pereira.

6 comentários:

o psiquiatra de serviço disse...

Este progra ser eliminado da grelha da sic, em nome da ética e da dignidade da família. O dinheiro não é um valor supremo.

SB disse...

ahahah

mas Rui, porque perdes tempo a ver essas coisas ou, sequer, a comentá-las??

...ainda não vi o dito (e a dita), mas há sempre um livro à mão ou uma manicure para tratar que me desviarão o olhar dessas tentações nefastas!

Rui Gamboa disse...

...é como os acidentes à beira da estrada, não gostamos, mas... ;)

O Pinoka disse...

Só consegui ver um bocado do primeiro programa. É demasiado deprimente para se conseguir aturar aquele género de programa e ainda por cima apresentado pela Teresa Guilherme.
Abraço e bom fim de semana

pedro lopes disse...

Caro Rui,

deplorável.....o programa e o candidato a Duputado, o tal fadista-marialva.

Anónimo disse...

Esse programa existe porque existe quem o vê!