03 março 2009

Apresentação

Uma sociedade pode tender para a igualdade mas, em biologia, a igualdade é o mesmo que um cemitério.

16 comentários:

Rui Rebelo Gamboa disse...

Caríssimo Zé Gonçalves,

Antes de mais, bem-vindo ao mundo da blogosfera.

Estou certo que és uma excelente "contratação" para este blogue, aliando a teu conhecimento invejável e multidisciplinar, às tuas fortes convicções [esta apresentação é já um perfeito lamiré]. Desejo-te tudo de bom nesta participação e que os teus contributos tragam muita e boa discussão.

Abraço!

Anónimo disse...

Mais um Edgardo ? Ficamos à espera de posts ao nível da Máquina de Lavar.
Saludos
JNAS

José Gonçalves disse...

Caro anónimo

Eu sou eu!

Rui Rebelo Gamboa disse...

Caro Zé,

O JNAS é um dos nossos mais assíduos leitores. Ele próprio faz parte do blogue :ilhas, um dos mais antigos escritos aqui nos Açores.

José Gonçalves disse...

Esclarecido! Obviamente que a minha exclamação apenas tem a ver com a eventual comparação. No mais, comungo do expresso na segunda parte do texto (algo que deveria ter dito logo)e espero corresponder às expectativas dos companheiros de Blog e dos visitantes, sobretudo ilustres comentadores.

pedro lopes disse...

Meu caro José Gonçalves,

bem vindo à "máquina".

A "Apresentação" está feita, agora é seguir em frente....e com diversidade, sob pena de este espaço se tornar um "cemitério". ;)

Um abraço e boas postagens.

Voto Branco disse...

Intrigante este post!
O que será que ele quer dizer com igualdade é o cemitério? Hummmmm, estranho... Que eu saiba a Maria de Belém ainda anda por aí!!!! Se eu fosse a ela ia imediatamente ao médico!

Voto Branco disse...

Agora mais a sério, queria questionar o autor do post se prefere uma sociedade capitalista, onde o individuo se sobrepoê ao colectivo ou uma sociedade igualitária onde o individuo faz parte de um todo, e que todos "trabalham" para o mesmo fim?

Voto Branco disse...

Agora mais a sério, queria questionar o autor do post se prefere uma sociedade capitalista, onde o individuo se sobrepoê ao colectivo ou uma sociedade igualitária onde o individuo faz parte de um todo, e que todos "trabalham" para o mesmo fim?

José Gonçalves disse...

Caro Voto Branco
Sabe que a palavra igualitária é perigosa na sua interpretação política. Os liberais do século XIX eram igualitários e eram capitalistas, faziam parte de um todo que trabalhava para o mesmo fim. Quer reformular a questão?

Rui Rebelo Gamboa disse...

Só uma pequena provocação: a igualdade no cemitério, só mesmo debaixo da terra, pois cada campa é muito diferente em termos de ornamentação...

Tibério Dinis disse...

Bem vindo, uma boa contratação no "mercado de inverno", um reforço para a temporada.

Quanto ao post, a actual sociedade tende para igualde social e para a diversidade biologica. Não percebo...

Haja Saúde

Tibério Dinis disse...

Uma adenda. Foi a desigualdade social em muitos momentos da história que afunilaram tendo em vista a igualdade biologica. Paradoxo com o post, não?

José Gonçalves disse...

E até os cemitérios são diferentes!
Se calhar a sociedade tende para a igualdade biológica e para a desigualdade social. Daqui a pouco estamos no arianismo, não?

Vot Branco disse...

Caro José Gonçalves,
Reformulo: O sistema liberal favorece o direito de participação independentemente da consideração das condições materiais dos cidadãos para usufruírem desse direito. Mas essa sociedade liberal não pode ao mesmo tempo garantir a liberdade para todos e a justiça social. O que me diz?

Jordão disse...

Seja muito bem-vindo. Não o quero assustar mas tem uma grande responsabilidade em si dos seus ombros. É que o Maquina de Lavar trazido muita qualidade à blogosfera regional, nacional e internacional.
Cumprimentos