08 março 2009

Magaiães

Fácilmente, se percebe que esta notícia sobre os erros de português no Magalhães é uma campanha com origem á direita. É verdade que os computadores contéem alguns problemas, mas não há necessidade de contar-los nem gravar-los, porque este é um projecto que temos de continuar-lo. Quem dirije o país, sabe que o futuro constrói-se um passo de cada vês e no fim são as más-línguas que caem.

5 comentários:

O Regedor disse...

Mas também não se percebe tanto alarido com a questão.

A Microsoft, maior pordutora de software do mundo, apresenta um bug a cada esquina, no entano, o nosso Magalhães tem de ser perfeito.

Triste país o nosso.

Maninha disse...

Triste país o nosso, sim, mas por maltratar a sua própria língua e por privilegiar o facilitismo de tal maneira que até envergonha. Ou, pelo menos, devia envergonhar...

Menina da Rádio disse...

mas ta la tudo ixplecado: não lerem as instreçães e a revesão foi fazida por uma pessoa com a quarta classe. a meu ver, é comprencível!

Rui Rebelo Gamboa disse...

Vou deixar uma ligação para o blogue de alguém que, parece, tem algo que ver com a criação do dito software. Será bom verem até ao fim, alguns dos comentários porque, a certa altura, surge o sr. tradutor que diz o seguinte, para sua defesa:

"Minha culpa : sou eu o tradutor. Traduzi há 7 anos o GCompris, porque ninguém o tinha feito, convencido que algum professor de Portugal, no dia que o GCompris seria utilizado a sério, iria enviar uma versão corrigida.

Muito esperei, recebi algumas mensagens "Obrigado pela tradução", mas ninguém mexeu uma palha para a melhorar."

O ligação é a seguinte:
http://pinguinsmagicos.blogs.sapo.pt/38808.html

Voto Branco disse...

Cá por mim prefiro passar o tempo a ler Machado de Assis, ilustre escritor brasileiro, que muita pouca gente não sabe mas é filho de uma Micaelense... e esta, hein? É uma pena que tão ilustre escritor não tenha a dimensão que merece.
P.S.: Escreve português sem acordo ortográfico. Altamente recomendável para quem esquecer do "magalhães".