08 junho 2009

Eleições no Benfica

Infelizmente, uma vez que o silêncio não é de ouro na Av. General Norton de Matos, em Lisboa, não é novidade nenhuma que se irão realizar eleições antecipadas no Glorioso.
Mais importante do que as eleições é que, depois de ter mostrado aqui, um daqueles adeptos de bandeira que se dispensam, agora descobriu-se mais um sócio que, felizmente, não poderá exercer o seu direito de voto. Com os devidos agradecimentos à Tertúlia Benfiquista, não resisto a reproduzir a respectiva ficha de sócio:


Para quem tenha dúvidas sobre quem é o cavalheiro, ei-lo aqui, de coluna vertebral perfeitamente apoiada no adepto da bandeira. E esta, hein?


7 comentários:

Pedro Lopes disse...

Caro José,

ao que parece, há muita gente a quem falta, de facto, "coluna vertebral". ;)

Anónimo disse...

Conheço p`raí uns 2 ou 3 milhões que mais tarde ou mais cedo estarão na mesma situação. É uma questão de abrirem os olhos.

RRG disse...

Mas conhece-se alguém que não tenha sangue vermelho a correr-lhe nas veias?!?!?

Então pronto. Quer dizer que isto é tudo benfiquistas!!!

Kik disse...

Essa tá boa!

pedro lopes disse...

Caro Rui,

olha que não. Há uns quantos que se dizem de "sangue azul". ;)

Voto Branco disse...

Caro amigos,
FIco extremamente satisfeito de me ver livre deste verdadeiro "cromo da bola"!
Como alguém costuma dizer por aqui: "Irra" para este gajo...
Eu pelo menos fico satisfeito por este cidadão ser sócio do SLB, pois no FCP jamais terá voz!
Saudações.
P.S.: Ao que consta nem o pai o consegue suportar!

Toupeira Real disse...

Ó Voto Branco
Não sacuda a água do capote. O que me quer parecer é que, depois do adepto da bandeirinha mais este sócio, o clube onde agora se acoitam mais parece uma extensão daquele que tanto eles dizem que odeiam. Quanto mais te bato... É obvio que as semelhanças param aqui, pois os restantes adeptos e sócios do Glorioso não se revêm nas atitudes e métodos destes simpatizantes, declinando toda e qualer responsabilidade por actos passados, presentes ou futuros cometidos por ambos, os quais são mputáveis na esfera privada de cada um deles.
Saudações e seja bem reaparecido que já notávamos fala das suas boquinhas