02 julho 2009

Supertramp


Crescer com irmãos mais velhos acarreta muita chatice, sem dúvida, mas tem os seus lados positivos também. Desde o respeitinho por regimes hierárquicos tácitos, a saber lidar com a difícil arte de comprometer, temos também a garantia de conhecer a música que a geração anterior à nossa ouve. Foi assim, portanto, que fiquei a conhecer e, por fim, gostar de bandas como os Pink Floyd, os Genesis, o Mike Oldfield ... os Supertramp. Como a vida nos Açores naqueles tempos não era fácil, muito menos para famílias numerosas (como era o caso), comprar discos era daquelas coisas que se faziam uma vez por ano, quando se recebia o cheque-disco no aniversário. Um dos meus irmãos, penso eu, lembrou-se de comprar Crime of the Century dos Supertramp de Roger Hodgson. Ora, na playlist estão algumas das músicas desse mítico disco, que simplesmente não soam ao mesmo por não terem o ruído do vínil. Ainda assim, é bom, é muito bom.

11 comentários:

Anónimo disse...

Epá cenas tristes não ! Se não te portas bem ainda te amando um cumprimento à Pinho !
JNAS
Supertramp ? Não Obrigado !
Tás aqui estás a incensar os Dire Straits ? Apre

r. disse...

Não tás bem a ver o andamento que tem este disco ... ouve lá School com atenção e dps diz qq coisa...

Cumprimentos à Pinho?!?! Muuu!!!

Fiat Lux disse...

Oh JNAS

o nome em inglês é Supertramp, mas a tradução para português não é "Supertrampa" :)

Apesar de , segundo o meu "inglês sem mestre",
tramp poder ser traduzido por
- passada
- vadio,mendigo errante

Prefiro traduzir por "Superpassada"
:):)

Rui

tiveste bons "professores de música" lá em casa :)

Anónimo disse...

E então os Queen e Leonard Cohen?

Luís Almeida

r. disse...

Os Queen nem por isso, o Cohen sim e em doses imensas. Haveriam muitos mais a acrescentar à lista...

Anónimo disse...

Cohen bate mais forte do que Dormicum
JNAS

Papio cynocephalus disse...

adorei ler o post, mas acho que gastar dinheiro com os Supertramp e os Dire Straits foi um mau investimento Rui :p

Anónimo disse...

Se é para ser um espectáculo popular e gratuito, então antes o Tóni.

Luís Almeida

Anónimo disse...

Grande pincel !
JNAS

Anónimo disse...

Segue-se Bob Sinclar nas Porta do Mar ! Mais uma grandessissima vela que me obriga a estar presente por obrigação parental !
JNAS

r. disse...

Prepara o queijo para os ouvidos...

Para quem se lembra do Allo Allo.