19 maio 2010

Do Falar ao Fazer

Carlos César deslocou-se a Cabo Verde fez dois anos em Abril passado. Levou consigo uma enorme comitiva, com cerca de 30 empresários açorianos, com o objectivo de, segundo a página oficial de propaganda do governo, se reforçarem os laços comerciais entre os dois arquipélagos, bem como o de se estabelecerem novas possibilidades empresariais. Muito bonito, sem dúvida. Mas, agora, vamos ao que interessa.

1.Quanto custou esta viagem ao erário público? Impossível saber-se ao certo, mas também o que interessa mesmo saber é:
2.Que retorno teve? Que laços comerciais foram reforçados? Que novas possibilidades empresariais foram estabelecidas?

Recorra-se ao SREA, esse fantástico serviço de estatística açoriana, onde, ao contrário da maioria dos sites do género, o difícil mesmo não é filtrar a imensa informação disponibilizada, não, no SREA o que se passa é que a informação é praticamente nula. Eis então o que o governo regional tem a apresentar sobre “comércio internacional”.




Ou seja, ou o SREA sofre daquele síndrome dos escritores da página em branco, ou não há mesmo nada sobre comércio internacional, ou o governo não quer que se saiba. De qualquer das formas e em relação a Cabo Verde, em particular, e mesmo contando com a inacção do governo regional, as parcerias deverão mesmo aparecer no futuro próximo.

18 comentários:

ZEZE disse...

Curioso... passados dois anos é Berta Cabral que está de visita a Cabo Verde mas para estreitar laços culturais... O que cada vez fica mais estreita é a paciência para aturar os devaneios da classe politica...

Passageiro sem bilhete disse...

Estes gajos querem fazer parecer que o PSD é diferente do PS mas acabam por mostrar que é tudo a mesma coisa.
Desta classe de políticos já estou eu farto.
É ver o Passos Coelho a dançar o tango com Sócrates.

Anónimo disse...

Já não me lembrava dessa "excursão". Bem visto !
JNAS

Anónimo disse...

Como sempre, haja desinformação!
E até o inefável JNAS (este tipo trabalha mesmo ou é só funcionário da Câmara?) arrotou uma posta.
Porque não perguntam aos empresários, porra? Eles é que estiveram lá, eles é que sabem que negócios conseguiram!
Bem, aqueles que não estiveram todo o dia na piscina e, à noite, nas putas...

Toupeira Real disse...

Aparte aquele avião de malta que queria ir para o continente e aproveitou avião à borla e escalou a região para turismo, não me lembro de quaisquer trocas ou investimentos comerciais para amostra.

Anónimo disse...

Caro Rui G
francamente não percebi a oportunidade desta opinião? faça o obséquio de me esclarecer em nome da isenção democrática.

Marina da Vila disse...

Não me armando em defensor do Rui, foi uma boa oportunidade falar no assunto dado o que César disse da construção civil cá da terrinha, cheia de empreendedores que provavelmente encheram o avião na altura

em nome da rosa disse...

Pois é Marina da Vila, César bem queria que esses construtores civis fossem trabalhar para Cabo Verde, mas lá o Governo não compra apartamentos quando esses não se vendem.

Lá não há SPRHI...

Jordão disse...

Rui, não havia necessidade.
Não que eles não merecem mas isso soa-me mais a: deixa-me dizer antes que me digam!

Rui disse...

Jordão, não percebi. O que houver para se dizer, há-de ser dito.

Jordão disse...

Oh Rui explica-me, sff,, na generalidade, onde está a diferença entre as visitas a Cabo Verde de Carlos Cear e Berta Cabral?

Rui disse...

Fogo, Jordão, estás a falar da comitiva do César de 30 empresários que tinha como objectivo claro, como é dito no próprio gacs, estabelecer laços comerciais!!! Estás a falar do governo regional dos Açores!!! Não estás a falar dum grupo de 3 ou 4 pessoas que foram participar no feriado municipal da cidade da Praia, dado o facto daquela cidade ser irmã de PDL!!

Não ves diferenças aí??? É tudo igual não é? Esse discuso do "são todos iguais" já vai fartando.

ZEZE disse...

Rui, não sei será doença ou distração! Se é distração ainda se tolera. Mas se é doença... é tempo de te tratares...
será da visão ou da audicção?
Será que á ou atrose ou atrite?
Cá eu estou com a impressão
Que é mesmo partidarite!

Rui disse...

zeze, eu tb sei fazer isso, queres ver?
nao apresento nenhum argumento q suporte aquilo que digo e mando assim umas bojardas para o ar.
não, afinal não sei.
epa, e eu que pensava que era fácil esse tipo de atitude, mas afinal não, afinal isso tem muito que se lhe diga.
parabéns, zeze
já agora, que tal assumires a tua identidade? não dá lá mt jeito, não é? isso de uma pessoa dar a cara pelas suas opiniões (ausencia delas, no teu caso), é meio complicado. eu sei, não há stresses.

ZEZE disse...

Calma...
Como já percebi ser muito importante para ti, caro Rui, saber a identidade do Zeze, digo que o Zeze é um personagem deste teatro da vida. Que importa saber quem lhe dá vida?
Bem sei que nesta sociedade, principalmente nesta sociedade micaelense meia podre de valores, as opiniões contam mais pela notoriedade dos seus autores do que pela qualidade delas. Naturalmente para ti, se o Zeze for do PSD as opiniões serão validadas, mas se tiver outra orientação politica... já não será bem assim...
Mas para teu descanso em breve colocarei no blogue a identidade de quem dá vida ao Zeze.
Cumprimentos

Jordão disse...

Rui,

Nota-se que já nos conhecemos há já algum tempo, pois sabes como captar ainda mais a minha atenção: “Fogo, Jordão” – essa primeira palavra deixa logo um bombeiro com os sentidos todos excitados.

Se calhar usamos esse discurso do “são todos iguais” porque foram esses senhores que nos governaram – mal – nos últimos 30 anos. Não é preciso argumentar porque é que digo que eles governaram mal, pois não?!

Mais: já ouviste falar no José Coelho, não já?!

http://candilhes.blogspot.com/2010/05/i-rest-my-case-116.html

Rui disse...

Zeze, fizeste-me uma acusação que eu considero grave. É óbvio que eu quero saber, por um lado, de quem vem essa acusação, porque como é óbvio, acusações sem cara, são apenas cobardia, não estás a falar em opinar, o que me leva ao segundo ponto, que fizeste essa acusação e continuas a não a sustentar minimamente.

Jordão, essa é outra, dos senhores que nos governaram nos útlimos 30 anos?!?

Rui disse...

Jordão, espero que tenha ficado claro as diferenças....