26 maio 2010

Portugal: O Onze da Década

O sistema de jogo, por força dos jogadores eleitos, seria 4-1-4-1.
GR: Vítor Baía (apesar de tudo, foi o melhor guarda-redes português dos últimos anos. A concorrência seria o Ricardo, logo, caso arrumado)
DD: Miguel (Existia a hipótese Ferreira, ou mesmo Abel Xavier, mas, o melhor Miguel comparado com o melhor Ferreira ou Xavier, é superior)
DE: Fábio Coentrão (O Jesus diz, logo é verdade, vai ser um dos melhores laterais do mundo)
DC: Ricardo Carvalho (No seu melhor, era pura classe, ao nível dum Baresi ou dum Benckenbauer)
DC: Fernando Couto (A entrega e força faziam do Couto um central temível por qualquer avançado)
MDf: Paulo Sousa (Antes dos problemas físicos, Paulo Sousa era um jogados fenomenal. Na Juventus e, principalmente, no Dortmund era sempre quem comandava a equipe ofensiva e defensivamente)
MDrt: Figo (um dos melhores do mundo da década passada)
MEsq: Ronaldo (um dos melhores do mundo actualmente)
MOf: Deco (no Porto e também no Barcelona, um médio de ataque de grande classe)
MOf: Rui Costa (o problema para o Rui Costa foi jogar na época do Zidane, senão tinha sido o melhor 10 da sua era)
PL: Pauleta (os números bastam)
Venham daí essas críticas.

8 comentários:

QuemSouEu disse...

Concordo na generalidade. Só não concordo com a escolha do Miguel em detrimento do Bosingwa. Faço uma ressalva ao facto de efectivamente o Coentrão mostrar muito potencial mas ainda assim não nos podemos escolher do Nuno Valente.

Toupeira Real disse...

Baía
Miguel
F. Couto
Pepe
Rui Jorge
P. Sousa
Rui Costa
Simão
Ronaldo
Nuno Gomes Pauleta

Fernando Pimentel disse...

Colocava o Pepe em deterimento do Ricardo Carvalho

Rui disse...

A questão Bosingwa é interessante. Confesso que não me lembrei dele. Sim, trocaria Miguel pelo Bosingwa.

Oh, Toupeira, então põe o SImão em vez do Figo?!?! Como é possível? e o Nuno Gomes em vez do Deco?

Agora, Fernando, o Pepe é sem dúvida um excelente central, mas nunca terá a classe que o Ricardo Carvalho teve nos seus melhores dias. Na pior das hipóteses, tirava era o Couto para por o Pepe.

Jordão disse...

Peço desculpa pela demora pois fui buscar o balde de tremoços, um pires de amendoins e umas cervejolas.
Vamos então ao que interessa:
Gostei de ideia de por o Deco e o Rui gosta na mesma equipa – os meus jogadores preferidos, digo mais, ao mesmo nível deles, só vi jogar o "Lucho" González.
Esqueceste do Bosingwa, mas já corrigiste isso. Por o Coentrão??? Ele é um adaptado, mas como nunca tivemos nenhum bom lateral esquerdo, dou-te o beneficio.
O Baía é sem duvida o melhor guarda-redes de sempre (pelo menos do que já vi jogar), como ele só me lembro de um: Michel Preud'homme
Agora vamos aos desacordos. É só um, não te assustes: Fernando Couto? Para quem não gosta de Bruno Alves é o pior nome que podias escolher. Ele distribuiu lenha por onde passava. Ao pé dele Bruno Alves, Luisão e David Luiz são anjinhos. Jorge Costa foi muito melhor jogador do que ele e se não gostas dele dou-te um muito mais consensual: Jorge Andrade.

Um abraço

Rui disse...

Nunca gostei do Jorge Andrade, mesmo.
Agora, lenhas à parte (e desculpa lá, qualquer jogador é um anjinho ao lado do Bruno Alves, Diego Simeone incluído); o Couto, porque jogava na Itália, onde os árbitros não amigos das amigas do Pinto da Costa, tinha que jogar fininho, e jogava mesmo. Ainda assim, jogava duro, mas, geralmente, dentro da lei.

O Bruno ALves, como alguém já disse, devia ser "radiado do futebol" (eu li isso numa daquelas mensagens que passa em rodapé num daqueles foruns da sport tv, quando o carlos manuel, ou assim estão a falar da jornada). Apesar de escrito de forma original, a ideia está certa, não se devia permitir ao Bruno Alves jogar futebol, enquanto não atinar com aqueles pontapés, socos, cabeçadas, pisadas, etc. Não podes estar a falar a sério comparar o Bruno Alves com o Luisão, muito menos com o David Luíz. Que santos ao pé daquele animal.

E, Jordão, comparar o Baía ao Preud-Homme?!? O Baía só está ali porque é o onze da década, porque se fosse o melhor onze de Portugal de sempre, estaria muito atrás de Bento, Damas, etc. O Baia era um galinheiro incrível, aliás, no Barça, que é onde se vê, ele levou tantos, mas tantos frangos, coitado. Mas pronto, é como eu digo, a concorrência seria Ricardo, ou Quim e temos que ser realistas, o Baía é melhor que estes. Já agora, o Eduardo (parece que o Benfica o quer) é igual ao Ricardo, mas talvez piorzinho, como se isso fosse possível. Os guarda-redes da escola portuguesa têm todos, ou quase todos, o mesmo problema, cruzamentos e cantos, aquilo é um tal apanhar chapéus. O Baía e o Ricardo eram fantásticos nisso. São bons, isso sim, dentro dos postes.

Toupeira Real disse...

Caro Rui

Por lapso, troquei o Figo pelo Ronaldo. O Simão jogará sempre em qualquer equipa minha porque é pendular e não de fogachos estratosféricos ou de quedas de 3ª divisão, alem da imprensa, como o actual capitão da equipa do senhor queirós.
Quanto ao Deco, já tenho um nº 10 na equipa (Rui Costa),bem melhor, e jogo sempre com 2 pontas de lança, daí Nuno Gomes e Pauleta que se complementam, embora nunca lhes tenham dado a oportunidade de ogarem junto.

Rui Lucas disse...

O Paulo Sousa estaria muito bem no "onze" da década anterior. Não faz nenhum sentido colocá-lo aqui.