04 março 2011

O Dobro ou a Metade

Ficou-se a saber, através da Resolução 19/2011 de 2 de Março de 2011, que o projecto de construção da nova Biblioteca de Angra do Heroísmo sofreu uma derrapagem de 705 mil euros, porque, e passo a citar, "verificou-se que as fachadas revestidas a vidro U-Glass, não seriam exequíveis, com as características projectadas, tendo-se concluído pela utilização de vidro temperado". Ora, a obra já estava orçada em cerca de 13 milhões de euros, pelo que ficará, por agora, por um valor final de cerca de 13.7 milhões de euros.

Curiosamente, no dia a seguir à publicação da dita Resolução, a Presidente da Câmara de Ponta Delgada, apresentou o projecto de construção do novo Museu de Arte Contemporânea. Esta obra de grande magnitude, que servirá a maior cidade dos Açores, terá um valor total de 7 milhões de euros, que serão comparticipados em 85% por fundos comunitários que, de outra forma, não seriam executados.

O dobro ou a metade. Depende da perspectiva.

8 comentários:

rui raposo disse...

Vão haver demolições no sítio a implantar o museu?

Rui disse...

Rui,

???

Parece-me um espaço aberto. Não faço ideia se necessita demolições. Mas há alguma questão que esteja a querer colocar?

rui raposo disse...

nada disso...

a minha questão prende-se com a escala do edifício. o terreno em questão tem pouco mais de 4000m2, ou seja, pouco mais do que a área do museu em si.
vendo as imagens, o terreno livre em redor da construção parece muito maior, daí a minha pergunta.

nada mais que isso, avôzinho...

Rui disse...

Pois, nao sei. Acho que o total do edifício (os 2 pisos) é que prefazem os 4000 m2.
Acho que não está prevista nenhuma demolição.

rui raposo disse...

mesmo assim, acho que as imagens não revelam a relação correcta com a envolvente (o que não invalida a boa "aquisição" do projecto ao excelente gabinete em questão).

tenho um problema com imagens (demasiado...) virtuais.

Anónimo disse...

um projecto...uma imagem...um discurso..um gasto inútil....
berta cabrá no seu melhor...
berta vcabrá..berta cabrá.....berta cabrá....
quem vai ser director do museu???
José melllllo?! José andraddde!!??
Vão trabalhar vagabundos....

Anónimo disse...

Antes fosse todos num camião da câmara recolher o lixo que invade a cidade!

Museu de arte contemporânea numa cidade governada por uma autarquia do terceiro mundo?

Uma ideia brilhante para a cidade de Ponta Delgada! disse...

O Brilhante, essa grande cabeça, é que dava um bom conservador de museu das caricas da Melo Abreu!