29 novembro 2007

Corte na quota

Não pretendo estar a repetir-me. Mas as notícias a isso obrigam. Aparentemente, a Comissão Europeia apresentou ontem a sua proposta de possibilidades de pesca para 2008, com reduções até 25% nas espécies capturadas em águas portuguesas. Ora, isso terá, evidentemente, implicações para os pescadores açorianos. Os Açores têm mesmo de rever a sua relação com a UE, têm de investir nessa relação, têm de estar presentes, têm fazer valer os seus interesses.

1 comentário:

pedro lopes disse...

Rui,

e também foi noticia nos últimos dias, o facto de estarem já esgotadas as cotas de captura de duas espécies de peixe (que não me recordo do nome), e os pescadores afirmaram desconhecer que estas espécies eram, também elas, alvo de uma cota limite.

Têm de se virar para o Goraz, pois esta cota parece que ainda não se esgotou.

Quem dita as cotas? A UE, claro.

N.B.- a haver, de facto, desconhecimento por parte dos pescadores, alguém falhou no seu trabalho de transmissão de informação. Pois controlo, esse, houve!!