15 novembro 2007

Ecografias na Horta. Só para quem pode.

O Telejornal de ontem, quarta-feira, da RTP-A trouxe uma notícia deveras preocupante. A história conta-se em breves palavras: a jornalista Teresa Nóbrega telefonou para o Hospital da Horta para marcar uma ecografia. Responderam-lhe que só havia vaga daqui a três meses, mas apresentaram-lhe, em alternativa, recorrer ao serviço privado, pagando a quantia de €55. O problema é que esse serviço privado utiliza o equipamento de obstetrícia do próprio Hospital da Horta. Aparentemente, às terças e quintas à tarde o dito equipamento está reservado para quem paga os tais €55.

Ora, estamos perante uma clara e gritante violação do serviço público de saúde e alguém anda a lucrar à conta de equipamentos que foram adquiridos com dinheiros públicos. Para já, as duas partes envolvidas neste caso, os médicos e o Hospital, têm contas a apresentar aos açorianos.

Salva-se, no meio disto tudo, o serviço público prestado pela RTP-A, na pessoa de Teresa Nóbrega.

Estranho, ou talvez nem por isso, é o facto do Hospital da Horta ser o único nos Açores que realiza a IVG.

5 comentários:

SB disse...

espero que isso não seja verdade. é demasiado grave para ser verdade.

Rui Gamboa disse...

Segundo a RTP-A, é.

priôlo disse...

Posso, também, confirmar que a RTP-Açores passou esta noticia.

Creio que a Administração do Hospital da Horta deve uma explicação sobre o caso.

Claudio Almeida disse...

É uma situação muito grave, quero saber o que é que os responsáveis têm a dizer sobre o assunto.

marisa disse...

Realmente, é escandaloso!O que se segue?!Ceder o Bloco Operatório para umas cirurgias privadas,de modo a acabar com as listas de espera?!!!!!