08 abril 2009

Rigor

O Director-Adjunto do mais antigo jornal português conduziu uma entrevista a Luís Rodrigues. Já pouco me interessam os conteúdos em relação à Quercus, no entanto dois apontamentos da própria entrevista, à atenção do jornal e do jornalista. O primeiro, de pouca importância, chamar Paulo ao Alexandre Pascoal. É um erro, mas que acontece. No entanto dizer (numa pergunta) que a direcção caiu porque tinha um deputado à ALRA e um vereador já tem que ser motivo de preocupação.

4 comentários:

Pedro disse...

Caro Rui

só acredita nos jornais quem nunca leu uma notícia sobre si próprio

infelizmente para quem gosta de ler jornais...

Paulo Pacheco disse...

Verdade.. o que o Pedro diz é a mais pura verdade! e acrescento.. quem nunca leu sobre um assunto que domina :)

pedro lopes disse...

Rui,

É caso para dizer; revisor, precisa-se. ;)

Toupeira disse...

Exactamente, revisor precisa-se. onde se lê "preocupação" deverá ler-se "manipulação".