02 junho 2009

Passa Fora!

Isto é totalmente inaceitável. Como se não bastasse tudo o resto, Vital Moreira quer agora, por força, fazer “ligação directa” entre o PSD e o caso BPN.

Além de ser um golpe baixo - típico, no entanto, da esquerda trauliteira de onde vem Vital -, é acima de tudo uma facada na jugular da credibilidade política, para a qual todos os políticos deveriam contribuir. Mais, é um exemplo acabado dos fins justificarem os meios e de total ausência de argumentos para a corrida eleitoral em questão.

Este cabeça-de-lista do PS às Europeias estaria bem melhor sentadinho em casa (na Marinha Grande, de preferência) com uma mantinha em cima das perninhas, batendo com a bengala no chão e berrando impropérios para a tv.

Admiremo-nos depois se a abstenção atingir níveis estratosféricos!

10 comentários:

Pipocas e Caramelos disse...

E depois o nossso Alberto João é que é trauliteiro. Pois, pois!

Silêncio disse...

O que quis ele dizer com "a marinha grande nunca me desaponta"? Ainda são restos da lenha que (não) levou dos ex-camaradas? Ele devia estar à de apanhar mais pancada e como não levou, ficou todo feliz... que palhaço!

O Regedor disse...

Não há relação nenhuma entre Oliveira e Costa, Dias Loureiro e outros personagens do tempo do cavaquismo que lideraram o BPN e o PSD. Nada, pois claro.

Já entre Sócrates e o Freeport haverá uma relação causa-efeito inquestinonável.

O PSD, nos últimos tempos, tem feito de tudo - incluindo golpes baixos - para denegrir o Primeiro Ministro. Agora está apenas a provar do seu veneno.

Caro RRG, este seu post é que é incacreditável.
Há alguns bloggers que, para saber qual a sua opinião sobre algum assunto, basta olhar para o seu cartão de militante e voilá. É como se os seus cérebros estivessem atarrachados ao cartão.

Conheço os seus post pela sua originalidade pessoal, mas este veio atarrachado ao cartão.

Cumprimentos

RRG disse...

Regedor,

Você faz um juízo de valor perigoso, que só se compreende pelo anonimato que o protege. Mas adiante.

A sua confusão é ou é deliberada, como é o caso dos Vitais e dos SS's (Santos Silvas), ou então é manifesta falta de atenção. Então você está a comparar o Sócrates-Freeport com o PSD-BPN? É isso, se bem percebi?

É que, no 1º caso, temos acusações explícitas a um indivíduo e não ao seu partido, há uma enorme diferença. Sócrates é um nome que está sempre associado às tramas do Freeport. Seja, ou não verdade, coube a a ele, e bem, demaercar-se da situação.

Já o PSD é um partido que é composto por milhares de pessoas, porque raio de razão teria o partido de se demarcar do que quer que seja que os seus militantes estejam envolvidos???

Você parte de um princípio errado, que é assumir que as pessoas são donas dos partidos e não faz distinção entre as duas: individuos e partidos. Essa assumpção é manifestamente redutora, além de ser falsa e também perigosa.

Imagine-se agora, todas direcções do PSD teriam de se demaracar de eventuais suspeitas de possíveis actos ilícitos em que estivessem envolvidos os seus militantes? Estava lindo, não era?

Penso que você é que acabou por ficar indelevelmente ligado a um partido com esse comentário. Essa estratégia do PS é inaceitável, não queiram agora atirar areia para os olhos das pessoas, mudando de assunto. Quem está directamente envolvido num caso de polícia internacional e de corrupção, é o individuo José Sócrates. Além desse, deve´ra haver muitos outros, mas que não são PM.

Cumprimentos

O Regedor disse...

Caro RRG,

reli o meu escrito e não encontrei nenhum juízo de valor. Mais ainda, não encontrei nada no que escrevi, que possa necessitar de uma postura anónima. Assino como Regedor porque sempre assim foi e não porque tenha necessidade de ser anónimo numa mera discusão política como esta. Adiante.

Então o Rui, acha que as acusações do PSD são tão inofensivas que apenas pretendem atingir o indivíduo José Socrates e não o Governo, nem o PS?

Você tenta aqui reduzir o estatuto de Oliveira e Costa e de Dias Loureiro a meros militantes do PSD. Caro, saberá melhor do que eu os altos cargos que ambos desempenharam no PSD. Nestes casos é evidente que o partido tem de se demarcar.

Não defendo a associação infeliz do Vital Moreira, apenas digo que o PSD fez igual ou muito parecido.

Cumprimentos

RRG disse...

Regedor,


"É como se os seus cérebros estivessem atarrachados ao cartão", isto, para mim, na minha modesta opinião, é um juizo de valor que está a fazer sobre a minha pessoa e que só a faz porque tem a máscara do anonimato. Até poderia assinar com esse nome desde o começo dos tempos, que não deixa de ser anonimato.
Mas como eu antes disse: adiante.

Os seus comentários são, felizmente, sintomáticos e escrevem a história por si só.

Ora repare:
"os altos cargos que ambos desempenharam no PSD", note bem como usou, e bem, o pretérito prefeito.

O Sócrates É o primeiro-ministro.

Estamos conversados sobre tempos verbais.

Novamente, regresso à questão que para mim é fundamental e que o 'Regedor" simplesmente não abordou. Uma coisa é um partido político outra é um indíviduo. Não sei de acusações nenhumas que o PSD tenha feito ao PS sobre o assunto Freeport, antes pelo contrário, sempre disseram que ninguém é culpado até se provar o contrário.

E, recorda-se do caso da pedófilia? Ninguém, que eu saiba, colocou no mesmo saco o Paulo Pedroso (na altura em que estava acusado nos média) e o PS. Como é evidente. Seria vil da parte de qualquer pessoa querer alastrar a todo um partido aquilo que apenas um dos seus militantes poderá ter feito (no caso provou-se que não fez nada).

Meu caro, está a descer ao nível do Vital Moreira a querer mudar o focus da ausência de argumentos para as Europeias para esta politiquice de segunda. Mude você também o focus, fale de coisas que valham a pena, isto, como eu disse no post, é inaceitável.

O Regedor disse...

Caro RRG, referia-me a certos bloggers que adivinhamos sempre a posição deles pela cor do cartão de militante e nunca pelos argumentos contra e a favor de determinada parte.

Como disse, considero os seus posts pela sua originalidade. Leia-se "pessoalidade".
Neste caso - deste post - parece.-me que para defender a sua posição no caso BPN e não defender o mesmo em relação ao Freeport, não encontro argumento válido da sua parte, a não ser o cartão estar-lhe a turvar o raciocínio.

Argumentos, portanto. Nada de juízos de valor. E nestas coisas de argumentos já vi que não nos entendemos.

Digo de novo: o PSD bota faladura no caso Freeport tentando levar o PS de arrasto e não podia esperar que o PS não fizesse o mesmo em relação ao PSD no caso BPN.

Adiante. Outra questão.
Acha mesmo que é por causa do Vital ter feito a "ligação directa" entre o BPN e o PSD que se vão registar níveis de abstenção estratosféricos?

Não me parece que seja essa a razão.

Cumprimentos

RRG disse...

Evidentemente, percebeu que não disse que era causa-efeito, mas digo e reptito que esse tipo de comportamento não é nada convidativo ao voto, isso não é de certeza. Acho que alguém que tem a responsabilidade do Vital Moreira, não devia andar a mandar bitaites desses nesta altura. Não é de todo aconselhável, tendo em conta aquilo que se espera vir a ser a abstenção.

O Regedor disse...

Até acho que não deviam andar a mandar esses bitaites, mas talvez foi uma forma de animar a campanhã e captar a atenção das pessoas que andam completamente alheadas da cena política.

RRG disse...

Eu concordo que este tipo de bitaites chama a atenção para a política. Agora, resta saber se acreditamos ou não naquela velha máxima "publicidade, boa ou má, venha ela"?