23 julho 2009

Também estou Farto


Por sugestão do nosso amigo Activista de Sofá, adiro, sem reservas, ao movimento Fartos.


É o mínimo que podemos fazer.

3 comentários:

Pedro Lopes disse...

Caro amigo,

também eu dou o corpo a este manifesto. Também "Esou Farto"!

Porque estes vis atentados aos mais elementares Direitos Humanos, são a manifestação de que o Homem é, de facto, um animal, que por vezes tem mais de selvagem do que racional.

O Poder e a mesquinhez são as cuasas principais das constantes manifestações de barbárie.

Por isso, e para tentar contornar o que impede a Paz, a democracia e as Liberdades, declaro-me farto do despotismo de alguns humanos.

Ana Rocha disse...

Caro Rui:

Sinceramente acredito que qualquer pessoa minimamente informada está farta de toda a desumanidade que singra por esse mundo fora.
A verdadeira capacidade está em conseguir manter a sensibilidade contra a violação dos direitos mais básicos. Isto é, quando todos os dias somos bombardeados de informação nem sempre é fácl lembrar o que está certo e o que está errado. A constante exposição tem um efeito anestesiante.

JRV disse...

Estou a ver que por aqui também há quem esteja farto.:)

Obrigado por se juntarem à causa
A liberdade, a democracia e a paz merecem.

Abraço amigo,
JRV