03 fevereiro 2008

JFK, Conspiração ou Verdade?


O assassinato de John Kennedy continua a estar envolto num grande mistério. Ao fazer uma pesquisa na internet a um personagem deveras intrigante como é James Jesus Angleton, encontrei um site, que recomendo vivamente. O nome do site diz tudo: JFK Murder Solved.

Não há nenhuma prova cabal que corrobore a tese dos autores do site. Há muitas provas circunstanciais e vários testemunhos. E de entre esses testemunhos há um especialmente controverso, o de James Files, que afirma ser um dos atiradores e aquele que deu o tiro fatal. Files encontra-se preso, pois trata-se de um criminoso que trabalhou a vida toda para a Máfia e consequentemente para a CIA.

Um dos pontos que está bem provado é a parceria entre o crime organizado e a CIA. A América Latina e Cuba, em particular, são o elemento de ligação entre as duas organizações. Como se sabe, a Máfia tinha grandes interesses em Cuba, na forma de casinos, que foram nacionalizados por Castro e para a CIA, Castro era um obstáculo a eliminar. Sugiro uma leitura do relato de Chauncey Holt, um homem que trabalhou directamente com o mafioso Meyer Lansky e que afirma, também ele, ter estado presente em Dallas no dia 22 de Novembro de 1963. Aliás, Holt diz ser um dos três homens que foram detidos logo a seguir ao assassinato e que foram soltos sem que fossem tiradas a fotos e as impressões digitais, obrigatórias em qualquer detenção. Uma coisa é certa e reconhecida pela autoridades, três homens foram mesmo detidos e soltos, havendo fotografias para o comprovar, a questão reside em saber quem eram. Holt afirma ser um deles e diz que outro é o pai do actor Woody Harrelson.

Há imensos pontos que a Comissão Warren não conseguiu explicar convenientemente. A verdade é que a maioria dos membros dessa Comissão tinha razões para não gostar de Kennedy, desde logo Allen Dulles, ex-Director da CIA, que Kennedy tinha demitido depois do fracasso da Baía dos Porcos.

Todas as páginas deste site são deveras interessantes e a maioria dos argumentos está bem comprovado, mas quando é para fazer a ligação final, falta sempre algo, ou alguém que morreu misteriosamente, ou testemunhos de criminosos, que apesar de serem bastante credíveis, dado o nível de pormenor das suas descrições, são sempre facilmente descartados.

Quanto a Angleton, o chefe do departamento de operações encobertas da CIA entre ’54 e ’75 e que me fez chegar a este site, escreverei um post em breve, pois trata-se de um personagem interessante. Foi Angleton que serviu de base para o filme de Robert DeNiro, The Good Shepherd.

6 comentários:

Anónimo disse...

Porque não uma playlist com músicas que façam alusão à prática propriamente dita, tais como:

Lou reed : The Day John Kennedy Died
http://lyrics.rare-lyrics.com/L/Lou-Reed/The-Day-John-Kennedy-Died.html

pedro lopes disse...

Bem, Rui, a internet dá-nos, de facto, um manancial de informação, que nos possibilita aceder a sites com conteúdos de veras, extraordinário.

A morte de JLK, continua, de facto, a levantar dúvidas e a alimentar algumas especulações.
Mas estas “pistas” que aqui deixas, levam-nos a informações e testemunhos, que parecem deixarem, mais uma vez a dúvida no ar. Não esquecer Jack Ruby (aquele que assassinou Oswald), outra peça que teima em não encaixar no puzzle oficial. O site que mencionas, fala obviamente dele, e chma a atenção para o facto de, ele próprio, ter dito mais tarde que fez parte da “conspiração”. Tb ele morreu estranahmente na prisão...

Será que daqui a alguns anitos desclassificam alguns documentos que comprovem esta tese? A ver vamos?

Rui Gamboa disse...

Meu caro, a pergunta que deixas no ar também tem resposta nesse site.

Aparentemente, George Bush (pai) também está envolvido na cosnpiração, por isso o filho não permite que alguns dics sejam liberados.

De facto, Bush foi director da CIA, mas no final dos anos '70 e afirma que não trabalhava com a agência nos anos '60 (quando Kennedy foi morto). No entanto, muitos afirmam o contrário e que Bush também estava em Dallas naquele dia, há um dado curioso. Bush (pai) é a única pessoa que não se recorda onde estava naquele dia. E como se sabe, toda americanos recordam-se onde estavam no dia que Kennedy foi assassinado. É um pouco como em Portugal e a pergunta do Baprtista Bastos "onde estava no 25 de Abril?". Toda a gente se lembra.

Anónimo disse...

"...tudo isso não passa deuma farsa maligna contra a população Americana e mundial, estranhamente um presidente após um discurso anti sociedades secretas e ocultismos é morto. Fica claro o envolvimento de Illuminatis neste assassinato aniliquilando a "pedra do sapato" (JFK) que se levantou contra eles...."
"...e agora o que faremos???
estava tudo pré planejado queridos.. matamos culpamos "X" logo matamos "X" que sera morto por "Y" que será misteriosamente assassinado por "Z" e assim fechamos o caso e ao longo dos anos cairá em esquecimento dos "burros" que somos nós os meros pagadores de impostos que nos preocupamos com nossa bunda a enche-la de dinheiro e conforto e esquecemos para onde estamos caminhando "NOVA ORDEM MUNDIAL" e o controle total do Anticristo.

Anónimo disse...

"...tudo isso não passa deuma farsa maligna contra a população Americana e mundial, estranhamente um presidente após um discurso anti sociedades secretas e ocultismos é morto. Fica claro o envolvimento de Illuminatis neste assassinato aniliquilando a "pedra do sapato" (JFK) que se levantou contra eles...."
"...e agora o que faremos???
estava tudo pré planejado queridos.. matamos culpamos "X" logo matamos "X" que sera morto por "Y" que será misteriosamente assassinado por "Z" e assim fechamos o caso e ao longo dos anos cairá em esquecimento dos "burros" que somos nós os meros pagadores de impostos que nos preocupamos com nossa bunda a enche-la de dinheiro e conforto e esquecemos para onde estamos caminhando "NOVA ORDEM MUNDIAL" e o controle total do Anticristo.

Anónimo disse...

seattle bramley hkkjrh aligns devise place norms sylvia landscaping koyilandy legion
lolikneri havaqatsu